• Blockquote

    Mauris eu wisi. Ut ante ui, aliquet neccon non, accumsan sit amet, lectus. Mauris et mauris duis sed assa id mauris.

  • Viva a Juventude Socialista

    E Comunista!

  • Vicaris Vacanti Vestibulum

    Mauris eu wisi. Ut ante ui, aliquet neccon non, accumsan sit amet, lectus. Mauris et mauris duis sed assa id mauris.

  • Vicaris Vacanti Vestibulum

    Mauris eu wisi. Ut ante ui, aliquet neccon non, accumsan sit amet, lectus. Mauris et mauris duis sed assa id mauris.

  • Vicaris Vacanti Vestibulum

    Mauris eu wisi. Ut ante ui, aliquet neccon non, accumsan sit amet, lectus. Mauris et mauris duis sed assa id mauris.

  • Vicaris Vacanti Vestibulum

    Mauris eu wisi. Ut ante ui, aliquet neccon non, accumsan sit amet, lectus. Mauris et mauris duis sed assa id mauris.

O dia que torci pelo Sport!

domingo, 12 de abril de 2015
Professor não tem religião, não tem clube de futebol. Sim! Quem disse que não aprendemos com nossos alunos?! Estas são umas das lições que tenho aprendido com eles. Mas por que ando chegando a esta conclusão?! 
Vou te contar agora.
Faz algum tempo que venho realizando os passeios com meus alunos! Acredito que os passeios, as chamadas atividades extra-classe, trazem experiências riquíssimas para as crianças. Quando cheguei na escola (quando comecei a trabalhar nestas duas escolas) meus alunos NUNCA tinham feito atividades extra-classe relacionadas a educação física! Então quando tive convites e oportunidades não pensei duas vezes e aceitei levá-los! Porém dois destes passeios foram com destino a Ilha do retiro. Sim... Meus alunos iriam para a Ilha do Retiro ver o time profissional de basquete do Sport jogar. Caramba! Se meus alunos nunca tinham ido pra passeios esportivos e de basquete então... Eles sabiam que existiam porque já tinha apresentado nas aulas. E qual o problema nisso?! A professora é louca, apaixonada incondicionalmente pelo SANTA CRUZ FUTEBOL CLUBE. Então eu tive que levar mesmo sendo torcedora do Santa e tive que torcer pro Sport! Por que torcer pro Sport?!  Porque eu estava como visitante, fui convidada para uma festa e vou puxar o "tapete" de quem me recebe em sua casa?! Ou ia ficar lá calada e não envolver meus alunos com toda a magia do extra quadra que um jogo oferece?! Eu prefiro envolver meus alunos e calar por um tempo que sou torcedora do mais querido do Brasil em sinal, primeiramente, de respeito pelo clube do qual abriu as portas para que meus alunos tivessem o conhecimento! Neste jogo meus alunos se envolveram como torcedores! Aplaudiram, comemoraram, cantaram para a vitória do Sport! Imagina como seria chato se eles não experimentassem nada disso. E no meio disso tudo eu fiquei explicando regras e eles encantados com o tamanho dos jogadores e as jogas. Eu tenho CERTEZA que se a professora em questão não chamasse os alunos pra gritar, aplaudir, dentre outras coisas o jogo não seria o mesmo. Mas não foi fácil pra mim por dois dias torcer por Sport. E tive que tomar essas decisões de forma rápida! As situações que foram apresentadas durante as atividade me fizeram tomar esta decisão. E eu não me arrependo. Eu como professora não posso reforçar o ódio entre torcidas. Todos os meus alunos sabem que eu sou tricolor e estava ali torcendo com eles. Sai de lá dizendo ao Léo (mascote) que era tricolor e que foi difícil torcer pro Sport... Mas a profissão PROFESSORA nos faz cometer esses sacrifícios! Meus alunos ADORARAM o passeio! Tenho certeza que não vão esquecer! No próximo passeio quero ir por Arruda pra ser 100% feliz (risos). É daí que percebo que o professor não pode ser fanático dentro de sala de aula! Ele pode ter religião, pode não ser homossexual , pode torcer pra um time de futebol. Mas ele não pode fazer com que isso limite as possibilidades do despertar e o conhecer da criança. acima de tudo, o professor deve respeitar aquilo que é contra ao seu gosto.


ADJETIVAÇÕES

segunda-feira, 6 de abril de 2015
(...) GOSTOSAAAAAA!!!

              L
               I
   ATRAENTE
              D
  SENSUAL
  E
  X
  Y (...)

Não te refiras a ela assim. Todas estas adjetivações referem-se a casca. A superfície. Ao superficial. Tudo isso passa! O tempo trata de transforma-lá. E daí ela não saberá que você também amará suas rugas e o que mais os calos da vida e o tempo podem proporcionar. 

Ame as curvas do sorriso de quando ela te recebes... feliz por estar contigo! Ame a sabedoria dela ao dizer e ouvir as coisas certas nos momentos certos. Ame seu choro de emoção ou acalente seu pranto de dor para que ela sinta que sempre contará contigo. Ame seus abraços... As vezes é mais confortante que um beijo. O beijo... Ahhh... O beijo! Deseje todos os dias enquanto tens vida. Pois estes serão quentes e apaixonados como foi no primeiro dia em que por ti se sentiu envolvida.

Vai entender...


Aí você olha uma reportagem sobre Frida e suas cartas! Impossível não achar lindo esse trecho. Cartas inéditas que serão leiloadas! Cartas escritas para o amante. Cartas que irão revelar mais sobre a história dessa mulher. Quando li esse trecho achei lindo! Mas é para o amante?! Para a nossa sociedade isso não é lindo. Eu prefiro, por hora, me agarrar a beleza do verso do que julgar está mulher (que não é qualquer mulher!). Eu prefiro acredita que exista amor. Mesmo que por hora ele esteja torto, existe amor!

Quem sabe um dia eu tenha o privilégio de escrever cartas belas para alguém que eu saiba amar. ❤️ (será?! 😳 kkk)

Reportagem: 



Sophia

domingo, 5 de abril de 2015
"Um dia eu sei que vou... Não sei ao certo a hora!
Pode ser amanhã ou bem depois... Depende da dor que sufoca! Que raiva sinto, agora, daquele que diz que sem esperança o homem padece, não tem vida e hoje meu coração chora. Queria que para este choro existisse um remédio que venha acabar com esse tédio e vislumbrar ,enfim, uma energia que se renova. Pobre de mim, assim, que sofre calada e sufoca enquanto distribui sorrisos fingindo melhora."

Sophia, acalma-te e pensa. Formula outros planos e verás que a vida compensa.  Encontras a esperança na vida por outros caminhos, por outros lugares e novos bons objetivos.

Grito.

quarta-feira, 25 de março de 2015
Pai...
Afasta de mim a descrença no amor que me faz caminhar desequilibradamente a beira do precipício!

Pois os caminhos desajeitados que me leva pode ser um caminho sem fim. E quem sabe assim vire um estrela a brilhar tristonha para além da eternidade.

Grito que estes caminhos não me levem, porém não sei se consigo!

(...)

Mulher, oh mulher!

terça-feira, 24 de março de 2015
Os tempos mudam e nem todos acompanham o processo. Um dos grandes dilemas de nós, mulheres, quando a idade vai passando é saber lidar com pessoas que acham que nossa felicidade se resume a um "par de calças". Sim! Me desculpe a informalidade do termo, mas é que as vezes aborrece... Cansa! Será que não passa pela cabeça das pessoas que a felicidade não se resume ao fato de "constituir família"?! Aliás, o que é família?! Podemos questionar isso também! Alguém já parou para pensar que nem todas as mulheres são feitas para ser dona de casa, ter cinco filhos, acordar cedo pra fazer o café do marido, pra ser uma Amélia ou a mulher que todo dia faz tudo sempre igual nos dizeres do Chico Buarque?! Os tempos mudaram e hoje as mulheres tomam conta do que querem fazer da vida. Não quero julgar as mulheres que se contentam com um casamento, uma casa, filhos e marido. Eu quero é que respeitem as mulheres que por hora querem estudar, querem trabalhar fora, querem sair, querem se relacionar com quem e quantos quiser, que querem amar a sua maneira, que podem querer filhos com ou sem marido! Ser feliz é uma questão de escolha! Ela, no meu entender, está condicionado aos nossos desejos e não os desejos daqueles "certinhos" doutrinados dono da verdade e dos bons costumes! Mulher, oh mulher... Te liberta das correntes dos puritanos e seja livre para ser o que quiser ser! É difícil, mas aos poucos a gente consegue!

Lembre -se: As pessoas condicionam a felicidade ao "estar com alguém" quando na verdade ela está condicionada ao "estar bem consigo mesma"! Vc não é obrigada a certas coisas por conta de outrem! Sem mais!

Por teu Amor

sábado, 21 de março de 2015
Por teu amor eu abro mão do orgulho meu...
Dos sonhos meus...
Do ser egoísta que, por hora, grita em mim para partilhar uma vida a dois.

Por teu amor eu abro mão  da novela...Jornais, futebol e quaisquer mais coisas que te encomode, te irrite! Porque em minha vida só busco o desejo de te alegrar!

Por teu amor eu desejo viver a dois e quem sabe mais a cinco com os filhos que vem depois.

Por teu amor eu faço cena,
Choro, grito q até de mim sinto pena. Mas sei q o que faço é só um desabafo, pra que você enfim note e assim eu tenha sorte de por teu amor viver, morrer!


Foto tirada por mim! Local: praia de Piedade! ❤️
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...