• Blockquote

    Mauris eu wisi. Ut ante ui, aliquet neccon non, accumsan sit amet, lectus. Mauris et mauris duis sed assa id mauris.

  • Viva a Juventude Socialista

    E Comunista!

  • Vicaris Vacanti Vestibulum

    Mauris eu wisi. Ut ante ui, aliquet neccon non, accumsan sit amet, lectus. Mauris et mauris duis sed assa id mauris.

  • Vicaris Vacanti Vestibulum

    Mauris eu wisi. Ut ante ui, aliquet neccon non, accumsan sit amet, lectus. Mauris et mauris duis sed assa id mauris.

  • Vicaris Vacanti Vestibulum

    Mauris eu wisi. Ut ante ui, aliquet neccon non, accumsan sit amet, lectus. Mauris et mauris duis sed assa id mauris.

  • Vicaris Vacanti Vestibulum

    Mauris eu wisi. Ut ante ui, aliquet neccon non, accumsan sit amet, lectus. Mauris et mauris duis sed assa id mauris.

=D

sábado, 31 de dezembro de 2011

Feliz Natal e um Próspero ano de 2012!

domingo, 25 de dezembro de 2011

É com muito carinho e amor que venho desejar a todos um Feliz Natal e um Próspero ano de 2012!

Que neste novo ciclo tenhamos ainda mais mente e coração aberto para ouvir, refletir e agir em atos de luta, de solidariedade, e de amor ao próximo! Que sejamos capazes de fazer em nossa práxis diária as transformações necessárias num mundo que ainda é desigual! Afinal, "Nós devemos ser as transformações que queremos ver no mundo!"Gandhi. E a esperança, o futuro, de construir um País mais justo com desenvolvimento social começa em cada um de nós! Começa no grito conclamado em nossos corações!

Um grande Abraço.

Thamires Lucena

‎"Lá vem chegando o verão..." =D

Escolha a cor da sua roupa para o ano novo

domingo, 18 de dezembro de 2011

Todo ano é a mesma dúvida: qual cor de roupa eu devo usar para a passagem do ano? Será que realmente o branco é a cor mais indicada? O que vale realmente é a sua intenção quando usa determina cor, pois soe isso que potencializa seu efeito. É possível passar a virada do ano com uma cor diferente, ou seguir a tradição e utilizar o branco, mas combinado com outras cores.

Confira abaixo o significado de cada cor e aprenda como usá-las.

Vermelho

É a cor das conquistas, das paixões e da sexualidade. Também é estimulante e impulsiona novos projetos e ideias. Se você quer iniciar o ano pensando em coisas novas ou buscando uma paixão arrebatadora, use no reveillon uma peça de roupa vermelha. Pode ser uma lingerie, um acessório ou um batom marcante. Para os homens, vale apostar em uma peça íntima nessa cor.

Amarelo

É a cor da inteligência e da criatividade. Também é ativadora e dinâmica, traz muitas ideias, e é bastante conhecida por simbolizar a prosperidade e o dinheiro. Se você precisa dessa energia em sua vida, que passar a virada do ano com um vestido ou uma sandália nessa cor? Os homens podem apostar em uma bermuda amarela bem transada. Aproveite que agora está na moda combinar cores intensas e crie um look descolado para o ano novo.

Laranja

É a cor da coragem e ousadia, portanto ajuda a buscar novos desafios. Se anda precisando de uma forcinha extra para se envolver em algum projeto ou situação, use no reveillon uma blusa nessa cor, combinando com uma saia, calça ou bermuda branca.

Uma outra dica é utilizar uma roupa toda branca e arrematar o look com um cinto na cor laranja. Você também pode inovar com acessórios ou sapatos laranja. Bem ousado não?

Verde

É a cor do equilíbrio, para quem busca entrar em 2012 com muita tranquilidade. Acho que todos nós precisamos dessa cor, não é mesmo? Use roupa íntima verde, ou utilize na maquiagem tons de sombra verde claro e escuro.

Azul

É a cor da paciência, harmonia e serenidade, além de tranquilizar o corpo e a mente. Ao usar o azul na virada do ano, a proposta é entrar em 2012 de maneira zen, mais tranquila e sossegada.

Nesse caso, utilize uma peça de roupa íntima, calça, saia ou camiseta na cor azul. Também é possível usar roupa branca e apostar em bijouterias ou acessórios nessa cor, como colar, relógio, ou enfeites de cabelo. O importante é usar a criatividade.

Violeta ou Lilás

É a cor da espiritualidade e da transformação. Quem busca momentos voltados ao autoconhecimento, pode usar alguma peça de roupa ou acessório nessa cor, combinando com o branco.

Rosa

Trabalha afetividade, amor, harmonia e união, ajudando no equilíbrio dos relacionamentos pessoais. Essa cor deve ser usada principalmente por quem busca um relacionamento afetivo estável e duradouro. Vale usar um acessório, uma peça íntima ou a maquiagem em tons rosa claro ou escuro. Mescle essa cor com o tradicional branco.

Se acha que o rosa é uma cor um pouco apagada, escolha tons mais fortes. Mas é importante lembrar que independente da tonalidade, ao ser usada na virada do ano, a cor atrai a energia do amor.

Branco

Essa cor é sempre bem-vinda na virada do ano. Falamos dela acima em combinação com outras cores, mas se você deseja passar o réveillon apenas de branco, também é válido. A cor remete paz e é tradição para algumas pessoas.

Sinta no coração o que realmente está precisando mais para 2012 e aproveite as dicas das cores para o ano novo. O mais importante é você se sentir bem com a produção que escolher.

Que 2012 seja um ano de muita energia positiva para todos nós!

Retirado do MSN entretenimento

♫ Som da vez ♫

Vou fazer!

Nesse final de semana vi uma postagem do Blog da Manuela d' Ávila sobre Brigadeiro de Capuccino! E como sou uma assumidamente viciada num café, e tudo que misturam a ele, vou experimentar essa dica e compartilho ela aqui com vocês.

Brigadeiro de Capuccino

"Mistura um 1 leite condensado em uma colher de manteiga, em fogo baixo, com duas colheres sopa de chocolate em pó (sem açúcar), uma colher de chá de canela em pó e uma colher de sopa de café solúvel em pó.

Depois é só cozinhar até chegar ao ponto. Eu gosto de tirar da panela, colocar num pote bonitinho, levar ao frezzer e servir "de colher".

Fiz hoje e o pessoal amou."

*-----* (Euuu Queroooo)

Paixão em três cores... Que venha 2012!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011
vRumo a Série B em 2013 :D

P.s: Vídeo retirado do Site Coralnet!

Recordar :)

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011
Ver essas imagens, para mim, dispensa quaisquer comentários :D

Código Florestal: Pra que(m) queremos?!

domingo, 11 de dezembro de 2011


O debate em torno do código florestal idealizado por Aldo Rabelo, veio causando grande polêmica nacional alavancado por diversos setores partidários retrógrados que querem um País ára poucos e por ONG's estrangeiras com seus discursos utópicos! Mas para que serve o Código Florestal, afinal?!

Lendo o texto de Luciano Resende e assistindo um vídeo entrevistando o autor do Código, percebi que o documento vem nada mais nada menos para que o Estado regulamente e tenha um maior controle daquilo que pode vir a ser um meio de produção afim de garantir a Soberania Nacional atrelada ao Desenvolvimento Social. Com certeza construção de uma hidrelétrica, por exemplo, vai gerar impactos ambientais. Mas hoje serão necessários para que movimente a economia nacional, gere emprego e renda para a classe trabalhadora afim de que ela também tenha novas perspectivas de vida, elevando seu nível social. O que não dá é para queremos deixar de nos expandir economicamente porque o nosso País foi o escolhido /eleito "salvador do mundo"! Já que todos os outros País, economicamente bem mais desenvolvidos, já desmataram desenfreadamente. De fato não podemos cometer o erro deles e para isso quando cada vez mais investimos em Educação na área de Ciência e Tecnologia para o desenvolvimento do uso de energias limpas, quando criamos o biodisel, dentre outras alternativas que ainda teremos que descobrir e construir.

É muito fácil para essas ONG's estrangeiras chegarem ao nosso País com pseudos bons ideais. Quando na verdade muitas delas vem para querer dizer que não somos capazes de cuidar da nossa terra num objetivo de tomá-la, assim como já tomaram varias patentes de iguarias Brasileiras. Não podemos mais nos submeter e retroceder nesse debate! Temos que cuidar do nosso País e dar ao povo o que é do povo! Aprovar o Código Florestal é não aceitar sermos fantoches dos Países Desenvolvidos/exploradores e lutar pelo desenvolvimento Nacional. É ter uma regulamentação que atenda a necessidade do povo Brasileiro construída a partir de um Desenvolvimento Sustentável.

Happy Feet 2: O Pinguim

Talvez nem todos gostei de filmes infantis, mas alguns passam uma mensagem legal que podemos utilizar como instrumento que nos faça refletir sobre a sociedade e nosso papel perante ela. O filme "Happy Feet 2: O Pinguim" é um deles! O filme além de mostrar que todos podem ser diferentes e que é possivel conviver uns com os outros, trás também a ideia do trabalho em equipe na busca da superação de problemas!

Veja o que conta o filme:


"Terceiro trailer (dublado) de "Happy Feet 2: O Pinguim", continuação do sucesso de 2006 "Happy Feet: O Pinguim".
Mano, mestre do sapateado, tem um problema, pois seu pequeno filho, Erik, tem fobia a coreografias. Relutante em dançar, Erik foge e encontra Sven, um pinguim que pode voar! Mano não tem esperança de competir com esta nova e carismática habilidade.
Mas as coisas pioram quando o mundo é sacudido por forças poderosas.
Erik aprende com seu pai "garra e coragem", à medida que Mano reúne as nações pinguim e todos os tipos de fabulosas criaturas -- desde minúsculos Krill até um gigante Elefante Marinho -- para acertar as coisas.
Happy Feet 2: O Pinguim é dirigido por George Miller, que ganhou o Oscar® como o criador do original "Happy Feet: O Pinguim". O filme apresenta as vozes de Elijah Wood, Robin Williams, Hank Azaria, Alecia Moore (P!nk), Brad Pitt, Matt Damon, Sofia Vergara, Common, Hugo Weaving, Magda Szubanski, Anthony LaPaglia, Richard Carter e Benjamin "Lil P-Nut" Flores Jr.
George Miller coescreveu o roteiro com Gary Eck, Warren Coleman e Paul Livingston. Miller também é produtor do filme, juntamente com Doug Mitchell e Bill Miller. Chris deFaria, Graham Burke e Bruce Berman são os produtores executivos. O incrível sapateador Savion Glover junta-se novamente à produção para criar as danças que serão executadas pelos pinguins na tela. O diretor de fotografia é David Peers e o diretor de animação é Rob Coleman. O filme apresenta vocais de P!nk, com música de John Powell.

O filme estreia em 25 de novembro nos cinemas em 2D, 3D e IMAX 3D." 
(Retirado do  )

http://www.happyfeet2.com.br

UJS na Prova da UPE?!

SIIIIMMM!

Na prova do 2º dia da 3ª Fase do Vestibular Seriado da UPE (Universidade de Pernambuco) caiu uma questão com imagem retirada do Blog do Mago mostrando nossa Gloriosa UJS!
É a nossa UJS ocupando todos os espaços! E parabééééns ao Mago (Matheus, Secretário de Organização da UJS) pelo Blog! Indico visitas a ele sem moderação!

Detalhe da Foto: Uma faixa branca do DCE - UPE num ato que me fiz presente enquanto Presidente da Entidade!


Interessante!

Política Pública de Esporte e Lazer

sábado, 10 de dezembro de 2011


Por que confrontar setores políticos partidários e científicos/ pesquisadores do esporte e lazer ao tentar pleitear tais espaços de Governo/Estado?! Muitas vezes nós, profissionais que tratamos diretamente de tais assuntos, perdemos espaços importantes para implementar nossas idéias por não dar credibilidade a determinados ambientes/setores promovidos pelo Estado. No ultimo período do Governo Lula foram constituídas diversas Conferências debatendo temáticas de direito e do bem público. Dentro das Conferênicas que participei (Juventude, Esporte e Educação) pouco vi da participação dos "cientistas" (exceto na área de Educação), deixando assim os espaços a "mando" dos setores partidários e dos movimentos sociais (como um dia já ouvi: Espaços vazios estão para serem ocupados!). De certa forma acho justo a participação deste último, afinal eles seguem um pensamento ideológico e buscam ocupar todos os espaços para que possam materializar seus ideais. Minha reflexão crítica vai àqueles que querem firmar uma dicotomia entre as duas alas, onde se prevalece especificamente a relação de disputa de poder! Eu parto do pressuposto de que essas duas alas precisam dialogar e dar respostas ao principais interessados nessa história: A população Brasileira.

Será que se realmente pensássemos no papel do Esporte, a quem pleteio como eixo nesta postagem, na formação do cidadão ciente do seu papel na sociedade estariamos, enquanto "classe profissional", participando ativamente desses espaços?! Ou será que só se faz interessante participar daqueles que exclusivamente tem um retorno de status quo ou melhoria financeira?!

Acredito que se queremos mesmo Democratizar o Esporte precisamos ocupar os espaços que são publicizados, seja participando de Conferências ou atuando nas pastas do Governo. Será muito mais sensato que acirrar disputas entre políticos partidários e "técnicos". Cada qual deve experenciar a vivência de cada um e construir um caminho sólido para o fortalecimento do Esporte no Brasil. Desta forma, com o conhecimento teorico e olhar da prática sob um ideal poderão dialogar para traçar novos rumos ao Desenvolvimento do Esporte em nosso País. Um desenvolvimento que compreenda o Esporte como um dos agentes condutores na construção de um País Soberano e com compromisso na transformação da sociedade.

Paulo Freire, Vive!

Na foto: Paulo Freire e Paulo Rosas

Há um mês tive o enorme prazer em me "deliciar" entre páginas, frases, historicidade de um alguém sine qua non para a construção do pensar a educação no despertar consciente de que todos nós somos cidadãos do mundo! O livro pequeno de linguagem simples (bastante acessível) conta um pouco o pensar de Paulo Freire a partir da sua trajetória histórica (infância / juventude, sua iniciação aos estudos, seu trabalho e seu exílio).

O livro chamado "Fontes do pensamento de Paulo Freire" foi escrito pelo Pernambucano Paulo Rosas. Ele que era amigo de Paulo Freire ou mais que isso, companheiro em diversos espaços de diálogos acadêmicos, políticos e culturais (A exemplo da participação do MCP - Movimento de Cultura Popular). Indico humildemente a leitura deste material a quem estiver interessado em conhecer os pensamentos de Paulo Freire, os referenciais teóricos para a construção das idéias Paulofreireanas e que quiser buscar as fontes utilizadas para a construção desta rica obra.

Reflexão...


A cada dia fico mais convencida que, cada vez mais forte, com uma nova roupagem surgem movimentos conservadores da elite burguesa para disputar os espaços construídos pelo povo visando minimizar os grandes abismos que foram historicamente construídos! É preciso que os movimentos sociais de VERDADE estudem tal processo afim de consolidarmos alternativas para traçarmos caminhos rumo a Soberania Nacional atrelada ao Desenvolvimento Social! 

Época 100: Os brasileiros mais influentes de 2011

Pela quinta vez, ÉPOCA elege e publica a lista das 100 personalidades mais influentes do ano no Brasil. São as pessoas que, de acordo com a redação, mais se destacaram em 2011 pelo poder, pelo talento, pelas realizações, pela capacidade de mobilizar e/ou inspirar. Uma bússola para entender as mudanças – e antever os rumos – de uma sociedade plural, inquieta, em constante transformação. A lista está dividida em quatro categorias: Líderes, Heróis, Construtores e Artistas. Como já é tradicional, os perfis são escritos por colaboradores convidados conforme a afinidade pessoal ou profissional. É uma lista de gente às vezes tão influente quanto a dos 100 mais influentes.

Fonte: Site da Época


#OcupeBrasília

Esgotada primeira edição de Privataria Tucana



Nesse final de semana chega às livrarias do país o livro "Privataria Tucana" que discorre sobre as falcatruas nas privatizações do governo Fernando Henrique Cardoso. O livro é de autoria do premiado jornalista Amaury Ribeiro Jr., foi publicado pela Geração Editorial, é fruto de 12 anos de trabalho e vem munido de documentos - inéditos e recolhidos em fontes públicas - que apontam os desvios milionários dos processos de privatização e pagamentos de propina.

O jornalista foi envolvido na campanha eleitoral de 2010 acusado de quebrar o sigilo fiscal e bancário de políticos tucanos, no famoso caso da filha de José Serra, Verônica Serra (que já havia sido incriminada por quebrar o sigilo de 60 milhões de brasileiros, através de um contrato da sua empresa com o Banco do Brasil, empresa que tem em sociedade com Verônica Dantas, irmã do banqueiro Daniel Dantas), supostamente para favorecer a candidatura do PT à presidência.

O livro trás como personagens e operadores do esquema financeiro que desviou recursos das privatizações, amigos e outros parentes de José Serra. Mas o protagonismo fica por conta do ex-diretor da área internacional do Banco do Brasil e ex-tesoureiro das campanhas de FHC e Serra, o economista Ricardo Sérgio de Oliveira, acusado de ser o cérebro do esquema que lavou os milhões desviados para paraísos fiscais.

Na edição dessa sexta, 09/12, chega às bancas a edição da revista Carta Capital que trás entrevista com o autor que comenta o livro e seu conteúdo. Confiram trechos da entrevista:


CartaCapital: Por que você decidiu investigar o processo de privatização no governo Fernando Henrique Cardoso?

Amaury Ribeiro Jr.: Em 2000, quando eu era repórter de O Globo, tomei gosto pelo tema. Antes, minha área da atuação era a de reportagens sobre direitos humanos e crimes da ditadura militar. Mas, no início do século, começaram a estourar os escândalos a envolver Ricardo Sérgio de Oliveira (ex-tesoureiro de campanha do PSDB e ex-diretor do Banco do Brasil). Então, comecei a investigar essa coisa de lavagem de dinheiro. Nunca mais abandonei esse tema. Minha vida profissional passou a ser sinônimo disso.

CartaCapital: Quem lhe pediu para investigar o envolvimento de José Serra nesse esquema de lavagem de dinheiro?


ARJ: Quando comecei, não tinha esse foco. Em 2007, depois de ter sido baleado em Brasília, voltei a trabalhar em Belo Horizonte, como repórter do Estado de Minas. Então, me pediram para investigar como Serra estava colocando espiões para bisbilhotar Aécio Neves, que era o governador do estado. Era uma informação que vinha de cima, do governo de Minas. Hoje, sabemos que isso era feito por uma empresa (a Fence, contratada por Serra), conforme eu explico no livro, que traz documentação mostrando que foi usado dinheiro público para isso.

Carta Capital: Ficou surpreso com o resultado da investigação?

ARJ: A apuração demonstrou aquilo que todo mundo sempre soube que Serra fazia. Na verdade, são duas coisas que o PSDB sempre fez: investigação dos adversários e esquemas de contrainformação. Isso ficou bem evidenciado em muitas ocasiões, como no caso da Lunus (que derrubou a candidatura de Roseana Sarney, então do PFL, em 2002) e o núcleo de inteligência da Anvisa (montado por Serra no Ministério da Saúde), com os personagens de sempre, Marcelo Itagiba (ex-delegado da PF e ex-deputado federal tucano) à frente. Uma coisa que não está no livro é que esse mesmo pessoal trabalhou na campanha de Fernando Henrique Cardoso, em 1994, mas sob o comando de um jornalista de Brasília, Mino Pedrosa. Era uma turma que tinha também Dadá (Idalísio dos Santos, araponga da Aeronáutica) e Onézimo Souza (ex-delegado da PF).

Carta Capital: Você é o responsável pela quebra de sigilo de tucanos e da filha de Serra, Verônica, na agência da Receita Federal de Mauá?


ARJ: Aquilo foi uma armação, pagaram para um despachante para me incriminar. Não conheço ninguém em Mauá, nunca estive lá. Aquilo faz parte do conhecido esquema de contrainformação, uma especialidade do PSDB.

Carta Capital: E por que o PSDB teria interesse em incriminá-lo?

ARJ: Ficou bem claro durante as eleições passadas que Serra tinha medo de esse meu livro vir à tona. Quando se descobriu o que eu tinha em mãos, uma fonte do PSDB veio me contar que Serra ficou atormentado, começou a tratar mal todo mundo, até jornalistas que o apoiavam. Entrou em pânico. Aí partiram para cima de mim, primeiro com a história de Eduardo Jorge Caldeira (vice-presidente do PSDB), depois, da filha do Serra, o que é uma piada, porque ela já estava incriminada, justamente por crime de quebra de sigilo. Eu acho, inclusive, que Eduardo Jorge estimulou essa coisa porque, no fundo, queria apavorar Serra. Ele nunca perdoou Serra por ter sido colocado de lado na campanha de 2010.

Carta Capital: Mas o fato é que José Serra conseguiu que sua matéria não fosse publicada no Estado de Minas.

ARJ: É verdade, a matéria não saiu. Ele ligou para o próprio Aécio para intervir no Estado de Minas e, de quebra, conseguiu um convite para ir à festa de 80 anos do jornal. Nenhuma novidade, porque todo mundo sabe que Serra tem mania de interferir em redações, que é um cara vingativo.

Retirado do Blog de Claudia Petuba

Amor de Pai

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Vamos?! o//

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Ajude Marcelle Moreira

Repassado por Thauan Fernandes, não deixe de ler!

"Galera, nesse momento venho trazer uma campanha importantíssima a todos vocês. Pra mim, que serei profissional de saúde, é fácil perceber o tamanho, mas a verdade é que toda a sociedade deveria saber. Leucemia é uma doença extremamente grave, e que não tem precedentes, pode acontecer com qlqer pessoa. Com você, com seus familiares, com a pessoa que está aí do seu lado. Marcelle Moreira é minha amiga e colega de sala. Para cura completa da doença, só o transplante de medula óssea, a qual a compatibilidade é rara. Não custa nada aumentar a corrente, pode ser que você não consiga ajudar Marcelle, mas ficará num banco de dados disponível pra alguém compatível. Vá, procure o banco de sangue mais próximo da sua casa, é simples assim."


Concurso Oswaldo Montenegro -- Eu Quero Ser Feliz Agora

Divulgando... (Ajudem a Paula) ;)

Paula Pagü (Formada na ESEF e aluna do Mestrado na UFPE) diz:

"Clipe que gravei pra ser selecionado como clipe oficial da nova música de Oswaldo Montenegro "Eu quero ser feliz agora". Para ser selecionado, ele precisa ter o maior número de visualizações. Assistam e divulguem!"

Só vale se você entrar neste link: http://youtu.be/QLkn0hYi6Dc



Pernambucana Manuela Braga é a nova Presidente da UBES


Terminou neste domingo (4/12) o 39º Congresso da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), que reuniu em São Paulo cerca de cinco mil estudantes do ensino fundamental, médio, profissionalizante e pré-vestibular de todos os estados do país. Os encontro começou na quinta-feira e os dois primeiros dias ocorreram no Expo Center Norte. Já a plenária final foi realizada no ginásio do Colégio Salesiano Santa Teresinha. Os jovens elegeram, como nova presidenta, a estudante pernambucana Manuela Braga, de 19 anos, aluna do curso técnico de Saneamento Ambiental no Instituto Federal de Ensino de Educacao, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IF-PE).

Manuela, que vive no Recife e cujos pais vieram do interior do nordeste, terá agora o desafio de percorrer as escolas de todo o país, conhecendo os problemas de cada grêmio e debatendo soluções para a educação brasileira. Torcedora do Sport Club Recife, fã de música brasileira e literatura, ela já havia sido presidente da União Metropolitana dos Estudantes Secundaristas de Recife (UMES) e líder do grêmio de sua escola técnica. (Leia mais abaixo o perfil completo da nova presidente da UBES)

Participaram da votação 1,.561 delegados, estudantes escolhidos em eleições realizadas em escolas de todo o país. A chapa que elegeu Manuela, “Movimento estudantil unificado pelas mudanças do Brasil”, teve 1.288 votos, correspondendo a 82,5% do total. O outro candidato à presidente da UBES foi Gladson Reis, de Belo Horizonte, representando a chapa “Rebele-se: A UBES é para lutar”, que teve 273 votos, 17,5% do total.

Considerado o mais importante encontro do movimento estudantil brasileiro, ao lado do Congresso da UNE, o Congresso da UBES definiu os rumos do movimento estudantil secundarista para os próximos dois anos. Com o tema “Todos juntos por uma educação do tamanho do Brasil”, o encontro serviu também para convocar a manifestação #OcupeBrasília, um acampamento dos jovens na Esplanada dos Ministérios, a partir dessa segunda-feira (5), em defesa da aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE) com 10% do PIB investidos nesse setor.

Confira reportagem completa no Site da UNE

Inácio Arruda destaca #OcupeBrasília na aprovação do Pré-sal

Nesta quarta-feira (7/12), o movimento #OcupeBrasília completou dois dias de acampamento em frente ao Congresso Nacional e comemora uma importante conquista: a aprovação por unanimidade na Comissão de Educação do Senado do PLS 138/11, projeto de lei que destina às áreas de educação e de ciência e tecnologia metade dos recursos do Fundo Social do Pré-sal.

Organizado pela UNE, UBES e ANPG o objetivo dos estudantes é também acompanhar a tramitação do Plano Nacional de Educação (PNE) e reivindicar a sua votação ainda este ano, com a aprovação de uma meta de investimento público da educação em 10% do Produto Interno Bruto (PIB).

Um dos autores do projeto sobre a destinação dos recursos do fundo social do Pré-sal, o senador Inácio Arruda (PCdoB-CE), falou ao site da UNE sobre a conquista. “O país ficará capacitado a propiciar uma educação de melhor qualidade e acessível a todos os segmentos da população. A formação do cidadão participante, ativo na construção do futuro do país, requer a democratização do conhecimento e da formação”, disse.

Porém, apesar da batalha vencida, há ainda um longo caminho a ser percorrido. Para entrar em vigor, o projeto precisa passar pela Comissão de Assuntos Econômicos e, caso aprovado, seguir para votação na Câmara dos Deputados. O senador ressalta a importância dos estudantes continuarem sua mobilização no #OcupeBrasília: “Precisamos que os estudantes continuem a sensibilizar senadores e deputados em relação ao projeto de lei. A mobilização deve ser contínua”, convocou.

Veja a Reportagem completa no Site da UNE

Valorize o Futebol Pernambucano!

sábado, 3 de dezembro de 2011

Qual a sua opinião?!

quarta-feira, 30 de novembro de 2011


X



? ? ?

♫ Som da vez ♫

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Amor, que amor pelo povo Brasileiro!

terça-feira, 15 de novembro de 2011
Não sei, particularmente, quem fez a edição desse video! Só sei que achei muito criativo, massa, do c $%#% =) Assistam

Repassando o convite =)

A Universidade de Pernambuco, por meio do Núcleo de Diversidade e Identidades Sociais – NDIS e apoio da ADUPE, realizará em 17 de novembro de 2011, a partir das 8:30h, o Seminário:


“A SUSTENTABILIDADE SOCIAL INTEGRADA NO DESENVOLVIMENTO DE PERNAMBUCO: impactos dos Pólos Suape e Zona da Mata Norte"


Tem como o objetivo de conhecer e problematizar os efeitos da implantação dos Pólos de Suape e Zona da Mata Norte sobre o desenvolvimento social integrado de Pernambucano (PE).

Local: Auditório Dr Ênio Cantarelli - PROCAPE – UPE - Rua dos Palmares, S/N, Santo Amaro

Contamos com a participação de todos,


Atenciosamente,


Profa. Nadia P. Novena
Coord. NDIS

‘Viva o Recife Antigo’ traz Faringes da Paixão e Nádia Maia

Depois do sucesso com Carlinhos de Jesus, o ‘Viva o Recife Antigo’ retoma a semana com muitos shows com destaque para o forró na sexta-feira (18) com Nádia Maia e Território Nordestino. No sábado (19), o brega romântico de Victor Camarote e Banda Arquibancada e de Faringes da Paixão, além do sertanejo universitário com Luiz Vieira. Na quinta-feira (17), as tradicionais apresentações de dança de salão com Andréa Carvalho e convidados e as orquestras Metais e Salsa América. No domingo (20), contação de histórias, oficinas de recreação e encenação do espetáculo infantil “A Biblioteca Mágica do Pedrinho”.

Na sexta-feira, o show de Nádia Maia, assim como as suas obras, terá músicas de Dominguinhos, Petrúcio Amorim, Maciel Melo, Santanna O Cantador, Flávio Leandro, entre outros. Além de canções do álbum ‘As Melhores, Visse?’ (2011).

No sábado, Victor Camarote & Banda Arquibancada prometem ferver o público do ‘Viva o Recife Antigo’ com suas releituras de clássicos do brega romântico, lambadas e merengues. No repertório, Reginaldo Rossi, Waldick Soriano, Alípio Martins, Roberto Carlos, O Conde do Brega, Kelvis Duran, José Augusto, Beto Barbosa, entre outros. Além disso, “Arrumadeira de Motel”, antiga música do grupo, está sendo repaginada e será um ponto alto do show. A banda já pensa em um roteiro para a produção de um videoclipe. Outra novidade é que o grupo está preparando o primeiro trabalho com composições próprias, que terá produção musical de Beto Barbosa e arranjos para metais gravados músicos da Spok Frevo Orquestra.

Na mesma noite, o sertanejo universitário de Luiz Vieira, que traz o show “O melhor do Sertanejo”. No repertório, hits atuais de cantores como Luan Santana e Paula Fernandes e de duplas como Jorge e Mateus, João Bosco e Vinícius; além de releituras de Chitãozinho e Xororó, Zezé de Camargo e Luciano, Milionário e Zé Rico.

A banda Faringes da Paixão encerra a noite de sábado. O grupo é conhecido no cenário jovem recifense pelas releituras de clássicos da música romântica brasileira no estilo brega universitário com uma roupagem moderna e arranjos elaborados. No show, devem entrar músicas de Sidney Magal, Zé Augusto, Kelvis Duran, Conde do Brega e Labaredas.

No domingo, o espetáculo ‘A biblioteca mágica do Pedrinho’ faz uma reflexão sobre a importância da leitura para formação de uma sociedade informada, atualizada e participativa. Destaque ainda para a oficina de teatro de sombras com Juliana Falcão e Amanda Senna em que serão vivenciados o processo de criação e manipulação de forma simples e prática deste teatro ainda pouco difundido no Nordeste.

PROJETO - O ‘Viva o Recife Antigo’ tem duração de dez meses, com programação até maio de 2012, à exceção do período natalino e do Carnaval. Tem o apoio de diversos órgãos ligados à Prefeitura do Recife como a CTTU no ordenamento do trânsito, Dircon no controle de ambulantes, Guarda Municipal, Secretaria e Fundação de Cultura e Polícia Militar. A iniciativa é da Secretaria de Turismo do Recife com o apoio do Governo do Estado por meio da Empetur e Secretaria de Turismo de Pernambuco.

Fonte: www.acontecenorecife.com.br / Texto de Rachel Motta


DIA 17(QUINTA-FEIRA)
20h - Apresentações de Dança de Salão com Andréa Carvalho e convidados
21h30 - Orquestra Metais
22h30 - Orquestra Salsa América

DIA 18(SEXTA-FEIRA)
20h – Os Pariceiros
21h30 – Território Nordestino
22h30 – Nádia Maia

DIA 19(SÁBADO)
20h - Victor Camarote e Banda Arquibancada
21h30 – Luiz Vieira
22h30 - Faringes da Paixão

DIA 20(DOMINGO)
16h - Oficinas e Recreação
16h30 - Contação “Historinhas no Escuro”
17h30 - Encenação do espetáculo infantil “A Biblioteca Mágica do Pedrinho”

33ª Festa da Vitória Régia

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

A 33° Festa da Vitória Régia é um dos eventos mais tradicionais do Recife e acontece nos dias 04, 05 e 06 de novembro. Promovida pela Paróquia de Casa Forte, tem o objetivo de arrecadar fundos para a Creche Beneficente Menino Jesus. Este ano, o homenageado é o Cônego José Edwaldo Gomes, que completou 80 anos. A festa conta com shows musicais, atrações artísticas, barracas de comidas e bebidas, feira de artesanato e muito mais.

Confira a programação completa:

04/11 (sexta)

18h – Banda Sinfônica do CEMO
19h05 – O Baile do Menino Deus – Creche Beneficente Menino Jesus
19h50 – Pastoril
20h45 – Banda Anos Dourados
21h50 – Benil
22h55 – Orquestra Metais Banda Show
00h – Maestro Forró e Orquestra Popular da Bomba do Hemetério

05/11 (sábado)

18h – Pastoril
18h55 – Banda Mercado
20h – Luiz Vieira
21h05 – Josildo Sá
22h10 – Madeira Delay
23h20 – Território Nordestino e Convidados (Gravando DVD)

06/11 (domingo)

09h – Atividades na praça
11h – Maracatu Traga a Vasilha
11h40 – Maracatu Tambores D’Olorum
12h20 – Apresentação Cultural CCMA
13h05 – Trio Raízes
14h05 – Bira Simão
15h05 – Sunset Som de Praia
16h10 – Lucas Rodrigues e Juliana Cantarelli
16h55 – Banda Vox Dei
18h – Pastoril
19h05 – Pe João Carlos
20h10 – Ministério de Música Sacrum Cor

Site Oficial: http://www.festadavitoriaregia.com.br/

Fonte: Agenda do Recife

UBES comemora hoje 30 anos de reconstrução!

quarta-feira, 2 de novembro de 2011


Desde as décadas de 30 e 40, o interesse dos estudantes em melhorias na educação já era motivo para reuniões e encontros, sejam nas praças públicas ou nos grêmios estudantis, aumentando cada vez mais a participação política nas decisões políticas do país.

Em paralelo a essa efervescência da época, a União Brasileira de Estudantes Secundaristas (UBES) nasceu em 1948, quando foi realizado o primeiro congresso nacional. Desde lá, os estudantes estiveram à frente das principais manifestações, mobilizando e reunindo diferentes setores da sociedade. Para se ter uma ideia, em 1950, esses jovens já faziam reivindicações contra o aumento do transporte público e a favor do Passe Livre Estudantil; saíam pelas ruas liderando passeatas, parando cidades – como foi o caso do Rio de Janeiro que ficou paralisada dois dias em 1956 com a “Revolta dos Bondes”.

Não demorou muito e os militares que entraram no poder em 1964 começaram a perseguir e prender os líderes estudantis; na época, qualquer tipo de ajuntamento era risco sob a vista dos militares. A juventude estava sob revolta diante da brutalidade da polícia. Em dezembro, a ditadura escancarada: foi instaurado o Ato Institucional Nº5. A partir daí, qualquer tipo de reunião, movimento artístico ou manifestação de opiniões estavam expressamente proibidos. A juventude começava a se organizar clandestinamente e a rebeldia eminente fortalecia a chama.

Foi assim que, em 1977, a UBES começou o processo de reorganização do movimento com a convocação de um congresso contra a ilegalidade. Em Curitiba-PR, no ano de 1981, estudantes de todo Brasil se reuniram em um galpão para a consolidação da entidade. A cavalaria invadiu o congresso, prendeu estudantes, mas a garra e a experiência continuou intacta para seguir a luta.

"E ainda tem quem diz que é coisa de criança"

A população em massa, organizada nos movimentos sociais, unificou-se em oposição aos militares na campanha “Diretas Já”, que teve participação expressiva da UBES. Apesar das mobilizações, a emenda não foi aprovada. Mas não teve jeito, a pressão do povo foi mais forte, a ditadura teve seu fim marcado pela eleição indireta que elegeu o presidente Tancredo Neves.

As principais cidades presenciaram dezenas de passeatas que reafirmaram a volta dos estudantes na vida política da nossa nação. As conquistas foram se multiplicando, como a aprovação do passe livre no Rio de Janeiro e da meia-entrada nos cinemas e teatros em diversas capitais do Brasil, o impeachment do presidente Collor, o enfrentamento da Era FHC e tantas outras lutas que seguiram.

Os estudantes foram (e são) portadores de importantes mudanças sociais, representando hoje a sociedade civil. O que era para ser o fim se tornou o recomeço, servindo para fortalecer as bandeiras da entidade.

"Quem vem com tudo não cansa"

A população em massa, organizada nos movimentos sociais, unificou-se em oposição aos militares na campanha “Diretas Já”, que teve participação expressiva da UBES. Apesar das mobilizações, a emenda não foi aprovada. Mas não teve jeito, a pressão do povo foi mais forte, a ditadura teve seu fim marcado pela eleição indireta que elegeu o presidente Tancredo Neves.

As principais cidades presenciaram dezenas de passeatas que reafirmaram a volta dos estudantes na vida política da nossa nação. As conquistas foram se multiplicando, como a aprovação do passe livre no Rio de Janeiro e da meia-entrada nos cinemas e teatros em diversas capitais do Brasil, o impeachment do presidente Collor, o enfrentamento da Era FHC e tantas outras lutas que seguiram.

Os estudantes foram (e são) portadores de importantes mudanças sociais, representando hoje a sociedade civil. O que era para ser o fim se tornou o recomeço, servindo para fortalecer as bandeiras da entidade.

Vem aí em Dezembro, 39º Congresso da UBES

No ano em que a entidade completa 30 anos de reconstrução, acontecerá o maior congresso da história do movimento secundarista.

O 39º Congresso da UBES será realizado de 01 a 04 de dezembro em São Paulo e deve reunir mais de 4 mil participantes de todas as regiões do país. Desde o início do processo eleitoral, iniciado há dois meses, 4,5 milhões de estudantes já participaram de votações em cerca de 5 mil escolas e aproximadamente 8 mil delegados foram eleitos.

Abaixo-assinado #Educação10

Marcando a realização do 39° CONUBES, a entidade, junto à União Nacional dos Estudantes (UNE) e Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG) lança o abaixo-assinado em defesa de 10% do PIB e 50% do Fundo Social do Pré-Sal para Educação, que promete bater a marca de 1 milhão de apoiadores de uma das maiores campanhas em defesa da educação já promovida no Brasil.

Existem diversas formas de contribuir, participar e ajudar as entidades estudantis na aprovação dos 10% do PIB e 50% do Pré-sal para a educação, uma campanha que poderá mudar a cara do Brasil no próximos anos.

A primeira forma é simples. Basta acessar o site Petição Pública, preencher o formulário e automaticamente você terá aderido à campanha da UNE, UBES e ANPG em defesa da educação. Para ajudar ainda mais, o internauta pode também divulgar o abaixo-assinado para o seus contatos de e-mail. O próprio site Petição Pública lhe oferece essa opção.

Outra contribuição essencial e importante é usar as redes sociais como forma de divulgar a campanha. A página da UNE no Facebook criou um evento e pelo Twitter está sendo utilizada a hashtag #educação10.

Fonte: Da redação UNE

Eu apoio, e você?!

Repassando...



É fácil agradar uma mulher.

Por mais que se diga que ninguém as entende, tudo o que elas querem é apenas atenção e carinho. Contudo, grude demais também acaba ficando chato. É preciso saber dosar, aproveitar os momentos de companhia, e também os de ausência. Claro! Senão, qual o propósito da saudade?

Mas o homem precisa ser natural. A mulher precisa entender que a vida dele já existia antes dela aparecer. Entendendo isso, ela não ficará com ciúmes do futebol do domingo, ou ao menos ficará mais fácil aceitar as manias dele.

Regra geral, os dois gostam de surpresas. Claro que ela não vai aparecer de lingerie provocante na mesa do escritório dele em dia de reunião, nem ele vai fazer um strip e exibir uma tanguinha brochante, dançando Beto Barbosa.

Mas um abraço ou uma frase num momento inesperado, um "te amo" baixinho no meio da noite, um presente sem data, um passeio no meio da semana, um jantar fora depois de uma discussão.

Valorize a pessoa que está ao seu lado. Se a sua ainda não apareceu, não a procure. Ela vai chegar. E você vai saber, seu coração vai pulsar com mais intensidade e mais leve ao mesmo tempo.

Ame bastante, beije lentamente, peça perdão, perdoe, abrace, fale sinceramente, olhe nos olhos, sorria... Seja naturalmente você. Ele ou ela vai se apaixonar por isso, e continuará se apaixonando todos os dias se você souber agir espontaneamente.

Ps.: Texto escrito pela Profª. Ellen Carvalho *-*

Notícias do PAN Guadalajara

A delegação brasileira teve em Guadalajara o melhor desempenho em Jogos Pan-Americanos fora de casa. Essa foi a avaliação feita pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB), na manhã deste domingo (30.10), na cidade mexicana. Os atletas brasileiros conquistaram 141 medalhas no quadro geral: 48 ouros, 35 pratas e 58 bronzes. No Pan de Santo Domingo, em 2003, o país conquistou 123 medalhas, das quais 29 de ouro. Já nos Jogos Rio 2007, em que o Brasil teve delegação recorde, foram 157 pódios, com 52 ouros.

O superintendente executivo do COB, Marcus Vinicius Freire, salienta que a meta do COB eram as vagas olímpicas em disputa. Os 42 países que participaram dos Jogos lutaram por 94 vagas para Londres 2012. O Brasil volta para casa com 26% delas. “Viemos para o Pan com a cabeça nas vagas olímpicas. Classificamos 23 atletas e devemos confirmar mais um nos saltos ornamentais”, disse Marcus Vinicius.

Pentatlo moderno (Yane Marques), hipismo CCE (equipe de cinco pessoas), handebol feminino (o time tem 14 membros), triatlo (Reinaldo Collucci) e canoagem (Erlon Souza e Ronílson Oliveira, no C2 1000m) foram as modalidades que se garantiram em Londres. A vaga nos saltos ornamentais está pendente. O lugar de César Castro, que conquistou o bronze em Guadalajara, foi solicitado pelo COB porque os dois primeiros colocados da prova já haviam garantido classificação para Londres. “Temos no momento 104 atletas com vaga garantida nos Jogos Olímpicos. Estamos entre os países que têm mais atletas classificados”, completou.

Marcus Vinicius salientou que o bom resultado e a evolução dos brasileiros no Pan se deram graças a um conjunto de fatores que se complementam, entre eles o apoio do governo federal. “Agradecemos ao Ministério do Esporte, por meio da secretaria Nacional de Esporte de Alto Rendimento, que nos apoiou nos últimos quatro anos. Hoje o principal financiador do esporte olímpico brasileiro é a Lei Agnelo/Piva, do percentual das loterias federais. Depois disso, podemos somar a Lei de Incentivo ao Esporte, que precisa crescer mais ainda e ser utilizada pelas confederações, principalmente para financiar os atletas de alto rendimento.”

O chefe de missão do Brasil em Guadalajara, Bernard Rajzman, afirmou acreditar que o novo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, vai continuar o trabalho de fomento ao esporte de alto rendimento. “Quando era presidente da Câmara dos Deputados, o novo ministro sempre se demostrou parceiro do esporte. Ele trabalhou para nos ajudar, como na aprovação da Lei de Incentivo ao Esporte. Estamos bastantes otimistas com o trabalho que vai desenvolver na pasta.”

Último ouro
Assim que foi encerrada a entrevista coletiva do COB, chegou a notícia da última medalha brasileira nos Jogos Pan-Americanos 2011. Solonei Rocha conquistou o ouro na maratona neste domingo (30.10), com o tempo de 2h16min37.

A prata e o bronze ficaram com atletas da Colômbia. Diego Colorado chegou em segundo lugar, ao marcar o tempo de 2h17min13, e Juan Cardona completou o pódio, com 2h18min20.



Fonte: Site do Ministério do Esporte

Para Recordar!

Sem mais...
Simplesmente bela música e lindo Clipe!

Novo Ministro do Esporte

“Não vou discutir a posição da Fifa. Como ministro, vou defender o projeto do Poder Executivo. Há de se manter posição de cooperação e independência entre os dois entes, um público, com responsabilidade diante da sociedade, e o outro ente privado, que se rege e se orienta por interesses objetivos que nem sempre tem sido os interesses do Estado”. 

A fala é do novo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, em entrevista coletiva à imprensa, na tarde desta quinta-feira (27), na Câmara dos Deputados. :S

Leia e veja o Discurso da PresidentA Dilma durante a cerimônia de posse do novo ministro!





31/10/2011 às 16h55
Palácio do Planalto, 31 de outubro de 2011



"Senhor Michel Temer, vice-presidente da República,

Senador José Sarney, presidente do Senado Federal,

Senhoras e senhores ministros aqui presentes. Eu cumprimento o ministro do Esporte, Aldo Rebelo e, em nome dele, cumprimento todos os demais ministros.

Queria também cumprimentar o ex-ministro do Esporte, meu companheiro de governo, Orlando Silva,

Cumprimentar os governadores Eduardo Campos, de Pernambuco; Teotônio Vilela Filho, de Alagoas;

E os senadores Benedito de Lira, Blairo Maggi, Ciro Nogueira, José Pimentel, Lídice da Mata, Rodrigo Rollemberg, Romero Jucá e Walter Pinheiro,

Cumprimentar o deputado Cândido Vaccarezza, por intermédio de quem cumprimento os demais deputados federais presentes,

Cumprimentar o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, por meio de quem eu cumprimento todos os prefeitos presentes,

Cumprimentar o nosso querido Pelé, embaixador honorário para a Copa do Mundo de 2014, e que nos honra neste momento,

Cumprimentar o presidente do PCdoB, Renato Rabelo,

Cumprimentar os presidentes de clubes de futebol aqui presentes,

Os senhores e as senhoras atletas,

Os senhores e as senhoras jornalistas, cinegrafistas e fotógrafos,

Senhoras e senhores,

Esta cerimônia não estava nos meus planos, nos planos do governo. Muitas vezes somos conduzidos a situações inesperadas que temos de enfrentar e enfrentar, muitas vezes, com tristeza, mas sempre com coragem e com determinação. Foi o que fizemos nesse caso, sem abrir mão de construir o caminho que escolhemos.

Há alguns versos de um compositor popular – Martinho da Vila – que se ajustam a esse momento: “Deixo o mundo me rumar para onde eu quero ir; as circunstâncias podem nos empurrar e querer nos dar rumo, mas vamos para onde queremos, movidos por nossos princípios e por nossas crenças, e não para onde querem nos levar”.

Senhoras e senhores,

As mudanças podem ocorrer, e as pessoas podem nos deixar, mas as políticas e as linhas de ação terão de ser preservadas.

Orlando Silva fez um excepcional trabalho na liderança do Ministério do Esporte, do qual sou testemunha, como ministra do mesmo governo que ele e agora como presidenta da República. Esse trabalho foi incansável na preparação do Brasil para os grandes eventos esportivos que sediaremos. Por isso, e por todas as iniciativas e pelo cumprimento das orientações do governo no que se refere à inclusão social e ampliação de oportunidades através do esporte, reconhecemos seu trabalho e todo o acúmulo de experiências que deixa para a realização dos grandes eventos esportivos do país.

Ao me comunicar sua resolução de se afastar da pasta dos esportes, disse-me que precisava sair para se defender. Ele ganha plena liberdade para restituir a verdade e preservar, assim, a sua biografia. Orlando Silva não perde meu respeito. Desejo-lhe muito sucesso em sua cruzada pela verdade.

Perco um colaborador, mas preservo o apoio de um partido cuja presença no meu governo considero fundamental. O PCdoB tem sido, nos últimos nove anos, um parceiro leal e relevante do nosso projeto nacional de governo e de desenvolvimento, baseado na democracia, na afirmação soberana do Brasil e no crescimento com distribuição de renda e inclusão social. Ao longo da minha vida, compartilhei aspirações e certezas de transformação e soberania do Brasil com o PCdoB.

É esse partido que me proporciona hoje um novo colaborador, experiente, qualificado, sério, líder reconhecido, homem de Estado e, sem sombra de dúvida, reconhecido por todos como um defensor corajoso, de opiniões fortes, dos interesses nacionais. Aldo Rebelo tem experiência de ex-coordenador político do governo Lula, e com ele também compartilhei o ministério do presidente Lula. Ex-presidente da Câmara dos Deputados, Aldo é um cidadão, um parlamentar respeitado por seus pares, independentemente dos partidos a que pertençam.

Ele tem plenas condições de dar continuidade às políticas prioritárias do Ministério que hoje está assumindo, e estabelecer, desde logo, relações claras com todos os entes envolvidos na preparação da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos.

Aldo Rebelo, como nós podemos ver por este plenário, é rico em amigos e companheiros, colegas que conhecem seu caráter e suas convicções e que o respeitam. Estou certa de que, como novo ministro do Esporte, saberá empreender, realizar e, quando for o caso, negociar a busca de soluções em que todos ganhem, principalmente e especialmente o Brasil e o povo brasileiro, sem que a ninguém seja imposto abdicar de princípios e de direitos legais em vigor no país.

Como Ministro, eu tenho certeza que o ministro Aldo será um titular, um titular em nosso time. Mas o objetivo persiste exatamente o mesmo: dar continuidade ao nosso projeto de desenvolvimento e garantir os novos avanços que os brasileiros esperam de nós.

Com o renovado apoio do PCdoB, este governo, que se orgulha de ser de coalizão, continuará trabalhando para retirar 16 milhões de brasileiros da pobreza absoluta e garantir a todos os brasileiros oportunidades, muito especialmente Educação e Saúde pública de qualidade. Nesses dois temas, a questão do esporte ocupa um papel especial, tanto no que se refere à Educação, como no que se refere à Saúde pública.

Nós temos o compromisso de preservar as conquistas da população brasileira, em especial dos 40 milhões que chegaram à classe média, e ampliar cada vez mais seus direitos e suas oportunidades. Temos o compromisso de fortalecer a estrutura produtiva nacional e continuar gerando milhões de empregos que os brasileiros almejam e desejam. Sobretudo, iremos realizar a maior Copa do Mundo de todos os tempos, em 2014.

Desejo usar uma das imagens emprestadas do futebol, que o presidente Lula sempre utilizava: hoje colocamos a bola no chão, reiniciamos o jogo e vamos para o ataque, por um Brasil mais justo e mais desenvolvido. Esta será a vitória de todos nós.

Muito obrigada."

Espero que seja aprovado!

Oito emendas individuais foram apresentadas pelo deputado Luciano Siqueira (PCdoB) ao Projeto de Lei nº 577/2011, do Governo do Estado, referente à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LOA) 2012. Elas beneficiam projetos de interesse social desenvolvidos pelas prefeituras do Recife e Jaboatão dos Guararapes; UPE – Universidade de Pernambuco; Secretaria estadual de Ciência e Tecnologia/Porto Digital; e às entidades: Andararte – Associação de Cidadania, Cultura e Arte; CTC – Centro de Trabalho e Cultura; Fundação Altino Ventura, no Recife; e Hospital do Tricentenário, em Olinda.

Visando fortalecer e ampliar os programas de pós-graduação stricto-sensu da Universidade de Pernambuco (UPE), Luciano apresentou emenda à LOA 2012 no valor de R$ 100 mil destinados à requalificação da infraestrutura de laboratórios para apoio ao ensino e pesquisa na área de saúde, na qual a instituição possui tradição de excelência.



* O texto na integra encontra-se no site do Deputado

Eu fico feliz por ver que a quem depositei confiança na urna continua firme na luta pelo Soberania Nacional e Desenvolvimento Social =)

♫ Som da vez ♫

domingo, 30 de outubro de 2011

Medalha inédita Badminton

domingo, 23 de outubro de 2011
Badminton?!

Nem todo mundo sabe o que é isso, apesar de ser uma dos esportes mais praticados no mundo! Para alguns é o vulgo raquete com peteca e para quem gosta do esporte é algo inexplicável!

Conheci o Badminton na Faculdade, me apaixonei, virei "atleta" e árbitra desta modalidade. Agora no Pan de Guadalajara o Brasil conseguiu sua primeira medalha com o Daniel Paiola (bronze, o atleta perdeu o jogo para o 1º lugar do ranking nas Américas) . Parabéns Daniel e que esta vitória venha a ajudar a difundir a modalidade no Brasil.

Confira o Vídeo:




Pernambuco realiza III Conferência Estadual de Políticas para Mulheres

Mais de 700 mulheres de todo o Estado de Pernambuco vão estar reunidas durante a III Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres (III CEPM) que acontece de 24 (segunda-feira) a 26 (quarta-feira) de outubro, no Teatro Tabocas do Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda. Durante a abertura na segunda (24), às 9h30, estarão presentes o governador do Estado, Eduardo Campos; a ministra da Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres, Iriny Lopes; e a secretaria estadual da Mulher, Cristina Buarque. Na ocasião, haverá assinatura de protocolos para implantação de novas políticas públicas em benefício das mulheres.

Entre os protocolos assinados estão o do Programa Chapéu de Palha da Pesca Artesanal e o decreto para instalação da Comissão de Mulheres Rurais, da qual fazem parte o Movimento de Mulheres do Campo e as Secretarias Estaduais da Mulher, Agricultura e Reformar Agrária, Recursos Hídricos e Energéticos, Ciência e Tecnologia e Meio Ambiente.

Desenvolvida pelo Governo do Estado de Pernambuco, através da Secretaria da Mulher do Estado de Pernambuco em coordenação conjunta com o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (CEDIM-PE), o evento terá a participação de mulheres rurais, metropolitanas, de terreiros, negras, brancas, quilombolas, indígenas, lésbicas, deficientes, jovens, idosas e prostitutas em um espaço de discussão e reflexão das realidades vivenciadas em nível municipal e estadual, que servirá de base para a Conferência Nacional, de 12 a 14 de dezembro, em Brasília (DF).

A Conferência é um momento de empoderamento das mulheres para o exercício da cidadania e para a formulação de propostas que devem resultar em políticas públicas afirmativas e reparadoras das desigualdades de gênero em todo o Estado, na perspectiva do fortalecimento econômico, político, social e cultural. Na programação do dia 24, às 14h, haverá mesa temática sobre Análise da realidade social, econômica, política e cultural das mulheres nos âmbitos nacional, estadual e municipal, proferida pela economista Tânia Bacelar e pela professora do Instituto de Economia da UFRJ, Lena Lavinas.

Na terça (25), às 9h, o assunto será Discussão e avaliação das desigualdades entre homens e mulheres no estado de Pernambuco, com a presença da feminista Marlene Libardoni, representante das mulheres brancas; a mestra em Educação e gestora de Política para Mulheres, Valdecir Nascimento, representante das mulheres negras; e a feminista Elisa Urbano, representante indígena do povo Pankararu.

Ainda no dia 25, às 16h, a subsecretária de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, da Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres, da Presidência da República (SPM/PR), Aparecida Gonçalves, e a secretaria da Mulher do Estado de Pernambuco, Cristina Buarque, explanarão sobre Avaliação e aprimoramento das políticas desenvolvidas no Estado frente às ações que integram o Plano Nacional de Políticas para as Mulheres.

Como parte da programação também está prevista a leitura e aprovação do Regimento da III CEPM, palestras, debates, trabalhos em grupo e a votação para escolha das delegadas que irão representar Pernambuco na Conferência Nacional.

Para essa Conferência Estadual estarão reunidas 700 mulheres, sendo 650 delegadas e 50 convidadas e convidados. Das 60 delegadas, 34 são titulares e suplentes do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Pernambuco (CEDIM-PE); enquanto 61 representam o Poder Estadual, 185 o Poder Municipal e 370 a Sociedade Civil.

No âmbito municipal foram realizadas, no período de 28 de julho a 10 de outubro, 124 Conferências Municipais e Regionais com a participação de 169 municípios das regiões do Sertão do São Francisco, Pajeú, Moxotó, Itaparica, Araripe, Central, Agreste Meridional, Central e Setentrional, Zonas da Mata Norte e Sul, Região Metropolitana e o Arquipélago de Fernando de Noronha.

PROGRAMAÇÃO da III CEPM:

SEGUNDA-FEIRA (24/10)

8h às 12h – Credenciamento no Centro de Convenções
10h – Homenagem às economistas Maria da Conceição Tavares e Tânia Bacelar
10h30 – Assinatura de Protocolos
11h10 – Plenária Leitura e aprovação do Regulamento Interno da III CEPM-PE
12h – Almoço
14h – Mesa Temática I – “Análise da realidade social, econômica, política e cultural das mulheres nos âmbitos nacional, estadual e municipal”
Conferencistas: Tânia Bacelar, Economista e Lena Lavinas, economista e professora do Instituto de Economia da UFRJ
Coordenadora da mesa: Cristina Buarque, Secretária da Mulher de Pernambuco
15h – Trabalhos em grupo
16h30 – Plenária I – Apresentação e aprovação das propostas dos GTs da Mesa Temática I
Coordenadora da plenária: Cristina Buarque, Secretária da Mulher de Pernambuco
Colaboradoras da plenária: Betânia Serrano e Maria Niedja, Conselheiras Estaduais dos Direitos da Mulher
18h30 – Encerramento

TERÇA-FEIRA (25/10)

9h – Mesa Temática II “Discussão e avaliação das desigualdades entre homens e mulheres no Estado de Pernambuco”
Conferencistas: Marlene Libardoni, Feminista, Branca, Economista e defensora dos Direitos das Mulheres; Valdecir Nascimento, Feminista, Negra, Mestra em Educação e Gestora de Política para Mulheres; Elisa Urbano, Feminista, Índia, representante do povo Entre Serras Pankararu
Coordenadora da mesa: Vera Baroni, Conselheira Estadual dos Direitos da Mulher
12h30 – Almoço
14h – Plenária II “Apresentação e aprovação das propostas dos GTs da Mesa Temática II
Coordenadora da Plenária: Vera Baroni, Conselheira Estadual dos Direitos da Mulher
Colaboradoras da plenária: Silvia Camurça e Ana Lúcia Cabral, Conselheiras Estaduais dos Direitos da Mulher
16h – Mesa Temática III – “Avaliação e aprimoramento das políticas desenvolvidas no Estado frente às ações que integram o Plano Nacional de Políticas para as Mulheres”
Conferencistas: Aparecida Gonçalves, Subsecretária de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres da SPM/PR; Cristina Buarque, Secretária da Mulher de Pernambuco
Coordenadora da mesa: Edusa César, Conselheira Estadual dos Direitos da Mulher
17h30 – Mesa temática IV – “A Segurança das mulheres no município, no Estado e no País”
Conferencistas: Leila Linhares, Advogada e Coordenadora Executiva da ONG CEPIA – Cidadania, Estudo, Pesquisa, Informação e Ação; Lucidalva Nascimento, Advogada e Secretária Executiva da Mulher do Município do Cabo de Santo Agostinho
Coordenadora da mesa: Lenise Valentim, Diretora do Departamento de Polícia da Mulher – DPMUL
18h30 – Encerramento

QUARTA-FEIRA (26/10)

9h – Trabalhos em grupo
11h – Plenária III – Apresentação e aprovação das propostas dos GTs das Mesas temáticas III e IV
Coordenadora da plenária: Edusa César e Ana Moura, Conselheira Estadual dos Direitos da Mulher
12h30 – Almoço
14h30 – Reunião das Delegadas por categoria para eleição da delegação de Pernambuco para a III CNPM
16h – Plenária para a aprovação das moções e referendo das 101 delegadas de Pernambuco para a III CNPM
18h – Encerramento

Fonte: Portal do Governo de Pernambuco

Maquiagem para quem gosta!

Boa tarde :D

Embora tenha na apresentação do "quem sou?" deste blog dizendo que "blog que fala de TUDO... tudo o que eu mais gosto, Seja sobre Política até sobre "futilidades" femininas." ainda não tinha colocado absolutamente nada sobre as tais futilidades. Portanto, este post será dedicado a isso! 

Passo para vocês um vídeo sobre maquiagem para escola ou trabalho. Ele faz parte do Blog Super Vaidosa de Camila Coelho, um blog que costumo visitar para ver novos truques e dicas de maquiagem ao menos razoavel para os momentos em que se faz necessário utilizá-la. Inclusive porque não sou muito fã de ir para salão perder horas e horas para no final, talvez, nem gostar do resultado (prefiro fazer eu mesma :P ).

Assistam o vídeo e visitem o Blog Super Vaidosa!

De Pernambuco para o mundo!

terça-feira, 18 de outubro de 2011
É... depois de um domingo emocionante o Gigante do Arruda acorda e é manchete de vários jornais pelo mundo! Coloco aqui um exemplar que foi postado por Jario Lima em seu Perfil de Facebook!

Ps.: Colocarei em Breve as imagens e Vídeos que gravei com meus irmãos no ultimo jogo! Ahh... e Domingo estarei lá de novo. Agora o Santinha rumo ao título o//

60.000 aficionados presencian el ascenso... ¡de un equipo a Tercera división!

"Es lo bonito del fútbol. El Santa Cruz, un modesto club brasileño que lucha desde hacer varias temporadas abandonar la Serie D (Cuarta división) para ascender a la Serie C (Tercera división) logró su objetivo después de empatar ante el Trece PB... ¡y con más de 60.000 aficionados en las gradas! El estadio Aruda, también conocido como José do Rego Maciel, fue inaugurado en 1972 y desde esos años sus gradas siempre se han abarrotado para ver al Santa Cruz.

Las entradas para el encuentro ante el Trece PB se vendieron en muy pocos días. Hubo récord de venta de papel y dos días antes del partido ya se habían recogido 42.000 localidades.

MARCA.com ha podido hablar con Rafael Monteiro, periodista deportivo que sigue muy de cerca al Santa Cruz y asegura que "este club siempre ha sido considerado un equipo grande, pero debido a la mala administración ha ido cayendo de la Serie A en 2006 a la Serie D en 2009. Se han producido cambios en la dirección y esta temporada el Santa Cruz ganó el campeonato regional, algo que no pasaba desde el año 2005".

Ubicado en la ciudad de Recife, en el estado de Pernambuco, el Santa Cruz fue fundado en el año 1914 y es conocido desde hace ya muchas temporadas por la cantidad de aficionados con los que cuenta. Pese a jugar en la Serie D, los seguidores no han dejado solo al equipo y ha promediado 33.450 espectadores por partido. Supera a grandes clubes de Brasil como el Corinthians (27.212 aficionados de media) o el Sao Paulo (21.060). Por extraño que parezca, este modesto equipo que acaba de ascender a la Serie C supera con creces al Santos de Neymar.

Rivaldo, el hincha más conocido del Santa Cruz
El jugador brasileño Rivaldo es uno de los hinchas más reconocidos del Santa Cruz. El que fuera futbolista del Deportivo y del Barcelona comenzó su carrera como futbolista en este equipo brasileño. Jugó en la temporada 1991/92 y en 18 partidos marcó ocho goles. Ricardo Rocha, ex del Real Madrid, también militó en el Santa Cruz en la década de los 80. Los aficionados de este club brasileño también se acuerdan de Grafite, ex del Wolfsburgo y actual futbolista del Al Ahli de Dubai. El internacional brasileño también se formó en las filas de este modesto equipo."

javier.estepa@marca.com
Acesse a Reprotagem na MARCA.COM

PAN 2011

quarta-feira, 12 de outubro de 2011


Vocês sabiam que nesta sexta, dia 14 de Out. 2011, será realizada da Abertura dos Jogos Panamericanos de Guadalajara?! Pois é... Talvez tenha uma turma apenas sintonizada na Rede Globo (pelos seus motivos, não estou aqui para jugar) que não esteja sabendo do evento. 

Na Rede Globo não tem (pelos menos não vi) nenhuma divulgação deste megaevento onde vários atletas Brasileiros tem chances de medalhas douradas. Tudo isso porque a TV Record comprou o direito de transmissão do evento. Quando fiquei sabendo disso, me questionei sobre o quanto as coisas hoje são extremamente colocadas a serviço do Capital e o quanto são acirradas as disputas das grandes emissoras por ainda mais poder na veiculação  de mídia. Me entristece saber que por causa dessas disputas o acesso a informação é negligenciado. Ainda mais quando tenho a plena ciência de que esse é apenas mais um exemplo das mais variadas informações  que ficam restritas a terceiros. Daí fica a reflexão... Qual é o papel da mídia?

Frente contra Privatização em PE!


Galera,
Em uma das minhas "postagens" eu tinha divulgado a construção do Seminário em defesa do SUS e contra a Privatização. Agora deixo aqui a leitura do que foi em caminhado dentro do Evento! O texto a seguir foi enviado para meu e-mail em nome da Coordenação FrentePE. Boa leitura!

MEMÓRIA DO SEMINÁRIO.  Conclusões

ATENÇÃO. Acompanhamento. Interação. Foi essa a tônica participativa no seminário.
Com perfil de conferência livre, o seminário Em Defesa do SUS e contra a privatização da saúde, foi um evento plenamente vitorioso.  Isento de influências partidárias ou manipulação governamental, totalmente independente de interesses localizados, o evento representou uma manifestação singular de movimento social autônomo.
FrentePE contra a privatização é constituída por variadas representações sociais, centrais sindicais e sindicatos,  conselhos profissionais, movimento estudantil, igrejas, conselheiros de saúde, professores universitários, associações de moradores, entre outros. Estiveram presentes os presidentes da UGT, da CONLUTAS e da Intersindical.  Mas cabe ressaltar que a FrentePE convidou TODOS os parlamentares e partidos políticos para se manifestarem contra a PRIVATIZAÇÃO, para saber quem é quem. Lá compareceram representações dos seguintes partidos: PPS, PSOL, PSTU, e PC do B, além de militantes independentes do PT; de parlamentares: Dep. Fed. Paulo Rubem Santiago, Ver. Josenildo Sinésio, Ver. Múcio Magalhães, Ver.  Dra. Vera Lopes. Enviou email justificando a ausência o senador do DF Cristovam Buarque. O que esperamos é que os parlamentares e partidos pautem a discussão nas casas legislativas, e se posicionem perante os governos.
Presentes ainda representantes de outros estados, como os presidentes dos Sindmeds do Ceará, do Rio de Janeiro e o presidente da Fenam/NE, além da Fenam nacional.
A avaliação geral é que o seminário superou todas as expectativas. Apesar do auditório  completamente lotado, os participantes do lado de fora acompanharam no hall da casa através de um telão; mesmo nesse caso, ninguém pestanejava. Os palestrantes do mais alto nível evidenciaram com grande clareza o Direito à saúde, o modelo de estado criado pela constituição de 88, a privatização como desmonte do estado e ameaça e restrição dos direitos, a repercussão para os trabalhadores e todos os usuários do SUS, a cooptação de lideranças pelos governos e a paralisia dos movimentos sociais, inclusive dos conselhos de saúde sob patrulhamento ferrenho por parte dos governos, o afastamento dos partidos políticos dos movimentos sociais, e as formas de resistência social.
O lanche do intervalo e o brunch ao término mantiveram todos de pé, até às 22 horas, quando os poetas populares repentistas Sebastião Dias e Raimundo Caetano improvisaram versos sobre o tema.  No intervalo, a cantora  encantou com MPB.
Na reunião de avaliação, um companheiro depôs: “Foi o primeiro evento na minha vida que eu não vi ou ouvi alguém criticar negativamente, só elogios!”
Em auto-crítica, ressaltamos que a pauta foi ampla. Para um próximo evento, concordamos que haja um menor número de expositores  PROPORCIONANDO ASSIM UM ESPAÇO MAIOR PARA AS MANIFESTAÇÕES DOS INSCRITOS AO DEBATE.
O seminário foi inscrito como conferência livre no CONSOCIAL da Controladoria Geral da União, órgão responsável pelas ações de controle e transparência do Governo Federal.
CONCLUSÕES DO SEMINÁRIO:
Propostas aprovadas no evento, por unanimidade:
  1. Defesa incondicional do SUS público, estatal, universal, de máxima qualidade e de gestão pública profissionalizada
  2. Financiamento com recursos públicos superiores a 6% do PIB (OMS);  regulamentação da Emenda Constitucional 29 conforme PL aprovado no Senado (10% da União). Investimento de recursos públicos no setor público
  3. Pela inconstitucionalidade da Lei que criou as Organizações Sociais em julgamento no STF, e pela REVOGAÇÃO da Lei das OS’s. Diversos governos promovem a mais escancarada privatização para se perpetuarem no poder indiretamente através das OS’s;  e buscam influenciar os ministros do STF com a política do fato consumado, que desconstruir as privatizações seria uma ameaça ao funcionamento do sistema
  4. Contra todas as formas de privatização da rede pública de serviços:  OS’s, OSCIPS, Fundações estatais, empresas de serviços hospitalares, PPPs, e outras maquiagens
  5. Valorização do serviço e do servidor público da saúde: concurso, carreira, salário, atualização profissional, condições adequadas de trabalho e de vida, paridade na aposentadoria. Contra toda forma de precarização. A maior dívida do SUS é com os seus trabalhadores.
  6. Eleição direta para as direções das Unidades Públicas de Saúde, a exemplo do que já acontece na educação. Apuração pelo controle social e MP de denúncias de ingerência política e assédio contra servidores em hospitais regionais
  7. Fiscalização e divulgação pública dos relatórios da Vigilância Sanitária em todas as unidades públicas de saúde
  8. Efetivação do controle social e respeito ao seu caráter deliberativo
  9. Por uma sociedade justa e harmônica, plena de vida, sem discriminação de gênero, etnia, raça, orientação sexual, sem divisão de classes sociais
  10. Política macroeconômica:  Fim do superávit primário e destinação desses recursos para as áreas sociais. Auditoria da dívida pública.  Fim da desvinculação das receitas da União (DRU) e das DRE (estados). Distribuição dos recursos que acabe com as desigualdades, sejam regionais ou de qualquer natureza, de acordo com as nossas riquezas
  11. Discussão e acompanhamento permanentes do ORÇAMENTO público em todas as esferas.  Orçamento da Seguridade Social separado do Orçamento Fiscal conforme manda a constituição. Relatórios discriminados em linguagem de fácil compreeensão que efetivamente revelem transparência.
  12. Combate diuturno à CORRUPÇÃO
  13. Debate das bandeiras da FrentePE nas casas legislativas, com audiências públicas e pronunciamentos.  As reuniões e fóruns da FrentePE devem continuar em rodízio, nos conselhos de saúde e em outros espaços. O próximo fórum será no HC/UFPE.
  14. A FrentePE deve participar ativamente nas conferências e foruns de saúde; apresentar moções em defesa do SUS e contra a privatização
  15. A FrentePE deve promover mobilizações de rua. Lugar de expressão de movimentos sociais é nas ruas.
  16. COMUNICAÇÃO: A FrentePE deve se manifestar massivamente usando todas as formas de mídia,  e formatar uma grande rede de emails.
  17. Como enfrentar a infração da lei (privatização e desrespeito aos direitos tão duramente conquistados): Denunciar toda forma de privatização/precarização; acionamento do Ministério Público; carta ao governador, ALEPE e Câmara de Vereadores exigindo a revogação da lei das OS’s; promover ações de responsabilização de governantes por omissão, seqüelas ou mortes; denunciar a organismos nacionais e internacionais na perspectiva dos Direitos Humanos;
  18. Recomendar às entidades da sociedade civil como um todo e as da FrentePE em particular acionem o ex-procurador geral do Ministério Público de PE no Conselho Nacional do MP  -  por não ter recorrido da decisão do presidente do TJPE em cassar a liminar concedida contra o edital das OS’s em PE ante Ação Civil Pública promovida pelas Promotoras da Saúde e do Patrimonio  – nesse caso,  só quem pode recorrer é a autoridade maior do MP.
  19. Recomendar às entidades da sociedade civil em geral e as da FrentePE em particular que instem o MP e a Justiça ante a nomeação do atual secretário estadual de saúde – reconhecidamente comandatário da OS que o governador tem usado para controlar as unidades públicas de saúde em Pernambuco.
  20. DIA NACIONAL DE PARALISAÇÃO NO SUS com passeata em 25.10.11, com todas as categorias profissionais da saúde.  A agenda, puxada pelos médicos, deve envolver todos os que fazem o SUS.
Salientamos que muitas pessoas se inscreveram usando o email institucional ou de terceiro; pedimos que enviem seu email pessoal para ficar recebendo os comunicados da FrentePE. Só juntos somos fortes.  Enviem emails de seus grupos, associados ou amigos.

Acesse nosso blog para baixar as apresentações dos palestrantes!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...