• Blockquote

    Mauris eu wisi. Ut ante ui, aliquet neccon non, accumsan sit amet, lectus. Mauris et mauris duis sed assa id mauris.

  • Viva a Juventude Socialista

    E Comunista!

  • Vicaris Vacanti Vestibulum

    Mauris eu wisi. Ut ante ui, aliquet neccon non, accumsan sit amet, lectus. Mauris et mauris duis sed assa id mauris.

  • Vicaris Vacanti Vestibulum

    Mauris eu wisi. Ut ante ui, aliquet neccon non, accumsan sit amet, lectus. Mauris et mauris duis sed assa id mauris.

  • Vicaris Vacanti Vestibulum

    Mauris eu wisi. Ut ante ui, aliquet neccon non, accumsan sit amet, lectus. Mauris et mauris duis sed assa id mauris.

  • Vicaris Vacanti Vestibulum

    Mauris eu wisi. Ut ante ui, aliquet neccon non, accumsan sit amet, lectus. Mauris et mauris duis sed assa id mauris.

Governo lança Plano Nacional de Banda Larga nesta quinta

quinta-feira, 30 de junho de 2011
O ministro Paulo Bernardo (Comunicações) lança nesta quinta-feira (30) o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). Quatro concessionárias (Oi, Telefônica, CTBC e Sercomtel) já aderiram ao programa federal e começarão a fazer ofertas comerciais dentro de um mês. 

A velocidade de conexão ofertada deverá ser 1 Mbps (megabit por segundo). O preço será R$ 29,80 nos Estados que concederem isenção de ICMS e R$ 35 onde não houver a isenção.

Os acertos finais ocorreram no Planalto. A presidente Dilma Rousseff concordou com os pontos apresentados pelo ministro, mas insistiu em que deveria haver "mecanismos de controle" da qualidade do serviço. Bernardo disse à presidente que a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) já estava preparando regras para apertar o cerco às teles, principalmente.

Dilma exige que a velocidade de 1 Mbps seja real e não nominal. Hoje as teles se comprometem a entregar no mínimo 10% da velocidade contratada. Chamado às pressas ao Planalto, o presidente da Anatel, Ronaldo Sardenberg, teve de se comprometer com Dilma de que as teles vão entregar bem mais do que 10%. Ele disse que até outubro deste ano estará em vigor um novo regulamento de qualidade dos serviços que também contemplará a internet.

Novas metas

Até o fechamento desta matéria, as quatro concessionárias ainda estavam reunidas com o ministro definindo os últimos detalhes do PNBL. Mas foi apurado que, até 2014, elas terão de levar acessos fixos ou móveis a 70% dos municípios brasileiros - hoje, somente 27%.

Operadoras fixas que possuem operadoras móveis (Oi e Telefônica) poderão vender conexões de 1 Mbps pela rede móvel nos locais onde não têm infraestrutura fixa. Operadoras móveis como Claro e TIM estão negociando com o governo. Ainda segundo a Folha apurou, a TIM está perto de fechar um acordo.

Em um primeiro momento, as teles que aderirem ao PNBL poderão vender pacotes combinados de telefonia e internet. Contudo, a isenção de imposto só poderá incidir sobre a banda larga.

A Oi venderá o combo (telefone e internet) cobrando R$ 35 pela internet (sem isenção) ou R$ 29,80 (com isenção) mais R$ 30 (sem isenção) para também entregar telefone fixo. As operadoras estarão livres para ofertar também TV paga assim que a Anatel liberar definitivamente as licenças de TV a cabo.

Nos locais onde as operadoras não levarem acessos de internet ao consumidor, elas serão obrigadas a alugar a capacidade de suas centrais para terceiros, principalmente pequenos provedores, a preços de referência.

Fonte: Folha

Não leve para a viagem suas dúvidas sobre o 52º Congresso da UNE. Deixe-as aqui!


Tire suas dúvidas do maior encontro da juventude brasileira


Mais de 10 mil estudantes de todo o Brasil e América Latina estão na contagem regressiva, contando os dias para colocar o pé na estrada e participar do 52º Congresso da UNE, que acontece entre os dias 13 e 17 de julho na cidade de Goiânia-GO. Sabendo disso, o EstudanteNet criou uma série especial com dicas e informações úteis para explicar tudo sobre o encontro e não deixar ninguém na mão.
O objetivo é esclarecer toda e qualquer dúvida sobre o Congresso, além de auxiliar com dicas e uma lista completa do que levar na mala, tudo isso para que você possa aproveitar o que de melhor a programação do Congresso da UNE tem para oferecer, da abertura até a plenária final.
Lembrando que para realizar um evento deste porte, meses antes a UNE e empresas parceiras começam a trabalhar na organização. Funcionários, além de diretores da entidade e voluntários trabalharam no encontro cuidando do credenciamento, comunicação, sistematização, logística, administração, alojamento, alimentação e transporte.
O que é o Congresso da UNE?

O CONUNE, como é conhecido, é o maior encontro da juventude brasileira. Durante cinco dias, os delegados e observadores terão a oportunidade de debater e trocar opiniões sobre os rumos da entidade, elegendo a nova diretoria e o presidente, que estará à frente de uma das mais importantes e tradicionais organizações da sociedade civil brasileira no próximo biênio.  O congresso é também uma grande celebração da diversidade, coroado com atividades culturais, intervenções artísticas, trocas de costumes e tradições.
Onde será o CONUNE?

A cidade de Goiânia, situada no coração do Brasil, será palco do 52ª Congresso da UNE. A cidade que já recebeu outras edições do encontro estudantil,é considerada uma das mais belas do país, centenas de praças com uma grande variedade de fauna e flora fazem parte do cenário com ruas limpas, arborizadas e iluminadas.
As atividades do encontro serão concentradas em torno da tradicional Praça Universitária da capital goiana, principalmente na Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) e na Universidade Federal de Goiás (UFG). Construída em 1933 pelo arquiteto Attílio Corrêa Lima, o local é considerado um dos melhores lugares para contemplar o pôr-do-sol, além de ser bem arborizada e apresentar um museu de esculturas ao ar livre, com bares e bibliotecas ao redor.
Como faço a minha inscrição?

Através deste link do site da UNE é possível realizar a sua inscrição. Basta preencher corretamente todo o formulário, imprimir o boleto gerado e efetuar o pagamento em qualquer agência bancária. Isso já garante a participação. Mas vale lembrar: guarde o comprovante de pagamento, pois o documento será solicitado quando você for retirar o seu crachá, no ato do credenciamento, em Goiânia.
Qual o valor?

Para quem se inscrever até o dia 30 de junho os valores serão R$ 50,00 para delegados e R$100,00 para observadores, quem deixar para a primeira semana de julho o valor será R$75,00 para delegados e R$150,00 para observadores. Após o dia 08 de julho as inscrições pela internet serão encerradas.
A inscrição inclui alojamento, alimentação (café da manhã, almoço e jantar) e acesso a todos os debates, seminários e shows. Caso necessário, o transporte para a locomoção da programação do evento estará garantido.
É possível pagar a inscrição no ato do credenciamento em dinheiro, diretamente no guichê, em Goiânia. Os valores alteram para R$100,00 – delegados e R$200,00 – observadores.
Qual a diferença entre delegado e observador?
Delegado é o participante que foi eleito em sua faculdade pelos estudantes através do DCE ou comissão eleitoral, possuindo direito de voto nas plenárias. Observador é o participante que irá apenas assistir ao Congresso.
Como funciona o credenciamento?

O primeiro passo ao chegar em Goiânia é se dirigir ao credenciamento e apresentar o boleto de pagamento. De lá, o estudante já sai com seu crachá, que dará acesso livre a todas as atividades do CONUNE. Os goianienses que participarem do Congresso pagam os mesmos valores e tem exatamente, os mesmos direitos.
Como será distribuída a alimentação?

A alimentação é garantida através do Restaurante Universitário que servirá mais de 30 mil refeições entre café da manhã, almoço e jantar. É importante ressaltar que no ato do credenciamento, os estudantes recebem um voucher com os tickets de alimentação. Exclusivamente através da entrega deste ticket será servida à refeição, portanto guarde-os com cuidado.
Aonde serão os alojamentos?
Os alojamentos são salas de aula concedidas pelas universidades, por isso é importante levar uma barraca para manter a sua individualidade e a organização do ambiente. Como mais de 10 mil estudantes participaram do encontro, cada alojamento terá um prefeito que ficará responsável por todo e qualquer assunto referente à área.
Sem dúvidas é um dos melhores lugares para interagir e conhecer outros participantes. É importante dizer que a UNE, apesar de disponibilizar seguranças em todos os alojamentos, não se responsabiliza por perda ou furto de objetos pessoais. Portanto, leve também um cadeado para trancar sua mala ou mochila. Mantenha sua bolsa fechada e fique atento, pois milhares de pessoas circulam nos alojamentos diariamente.
Como encontro uma caravana?

As UEEs (Uniões Estaduais dos Estudantes) e os DCEs (Diretórios Centrais dos Estudantes) e DAs (Diretórios Acadêmicos) são as responsáveis pela organização das caravanas. A dica é ficar atento e procurar a entidade estudantil de seu estado ou da sua universidade o quanto antes. Você também pode verificar com a comissão de alunos que promoveu (ou está promovendo) eleições para estudantes-delegados em sua universidade.
Uma boa forma de mobilizar é utilizar as redes sociais da UNE, que agrega estudantes de diversas localidades do país. Além de fazer amizades você pode descolar um lugar no ônibus!
Como será a programação do Congresso?

A programação do CONUNE inclui debates, painéis, plenárias, atos públicos, passeatas e diversas atividades culturais.
Especialistas de diversas áreas são convidados para participar dos debates que acontecem durante o Congresso e escolhe com muito rigor as atrações musicais que irão agitar a noite dos estudantes.
Neste ano, a programação do 52º Congresso da UNE inclui ainda o 2º Encontro Nacional de ProUnistas. Com o aumento de adesão ao programa e a crescente democratização do ensino superior por meio de outras políticas de acesso, o movimento estudantil quer aproveitar a reunião das suas principais lideranças para debater com os estudantes de todo o país as demandas, pontos positivos, críticas e sugestões.
Posso ajudar como voluntário?

A UNE está selecionando voluntários para auxiliar na área da comunicação e realizar a cobertura das diferentes atividades promovidas durante o 52º CONUNE. Para se candidatar, é necessário enviar um email paraimprensa@une.org.br indicando nome, telefone, instituição de ensino, anexando uma cópia do currículo.
Qual é a média de temperatura em Goiânia nesta época do ano?

O clima em Goiânia é tropical semi-úmido. A temperatura média no mês considerado o mais frio, julho, é de 13,2°C (mínima) e 29,0°C (máxima).
Como me localizar por lá?

Aproveite as facilidades da internet e realize um passeio virtual pelos arredores da Praça Universitária de Goiânia. Acesse o mapa
O que levar?

Preparamos uma lista com objetos importantes que não podem faltar na sua bagagem.
- Barraca
- Colchonete e travesseiro
- Kit de primeiros socorros (com remédios que você utiliza normalmente)
- Capa de chuva
- Cantil ou squeeze para água
- Sacos e sacolas plásticas (para lixo e para guardar roupas e calçados sujos)
- Fósforos e um isqueiro
- Filtro solar
- Cadeados pequenos (para a barraca e a mochila)
- Caneca de plástico
- Shampoo
- Condicionador
- Sabonete e esponja
- Pasta de dente
- Escova de dente
- Fio dental
- Pente ou escova de cabelo
- Toalha de banho
- Toalhinha pequena
- Papel higiênico
- Absorventes
- Elásticos de cabelo
- Um pouco de sabão em pó ou um pedaço de sabão em barra
- Leve roupas apropriadas para o inverno.
- Saco de dormir
- Isolante térmico, um pedaço de plástico de bolinhas ou folhas de jornal para impedir que a umidade que vem do solo atinja a sua “cama” e penetre pelas costas
- Máquina fotográfica
- Caderninho de anotações e caneta
- Repelente de insetos
- Óculos de sol
- Livro
- Baralho (para o bom e velho truco)
Serviço:

O quê?
 52º Congresso da UNE

Quando? De 13 a 17 de julho

Onde?  Goiânia – GO

Quanto? Custo para delegados e suplentes: R$ 50,00 (mês de junho) / R$ 75,00 (mês de julho) / R$ 100,00 (no Congresso). Custo para observadores: R$ 100,00 (mês de junho) / R$ 150 (mês de julho) / R$ 200,00 (no Congresso).

Como? (11) 5539-2342 – www.une.org.br

Fonte: EstudanteNet

26 de Junho de 1968

domingo, 26 de junho de 2011



A ultima postagem do Blog de Elis sobre o assunto e uma imagem do site Vermelho me motivaram a escrever sobre isto hoje. Afinal, esta com certeza não foi uma data comum. Foi o dia em que 100 mil jovens, artistas, intelectuais, padres e mães ocuparam as ruas do Rio de Janeiro num protesto contra a Ditadura Militar. Protesto este que foi um dos vários atos que o Movimento Estudantil foi vanguarda na luta contra opressão, contra censura, contra a mercantilização da Educação, contra a imposição do nosso vizinho imperialista de tornar nossos homens e mulheres escravos de seu capitalismo selvagem!

Graças a bravura dessa juventude, desses Brasileiros, nasci num País em que agora podemos escolher nossos governantes, que podemos também nos organizar em tantas Entidades! Desde as Entidades Históricas (UNE/UBES) até DCE, DA, CA (como também entre tantos outros Movimentos Sociais) sem clandestinidade... Presto aqui uma singela homenagem àqueles que lutaram e jamais calaram diante das injustiças na época cometida.

Com certeza a luta inspira que tantos outros jovens que não vivenciaram a Ditadura a continuarem a lutar por um a País soberano, democrático e popular!


Para finalizar, o hino da Gloriosa Entidade Histórica que sempre vem pautando/travandos lutas no Movimento Estudantil! Viva o Movimento Estudantil! Viva a UNE!


Hino da União Nacional dos Estudantes - UNE

Composição: Vinicius de Moraes / Carlos Lyra

União Nacional dos Estudantes
Mocidade brasileira
Nosso hino é nossa bandeira

De pé a jovem guarda
A classe estudantil
Sempre na vanguarda
Trabalha pelo Brasil

A nossa mensagem de coragem
É que traz um canto de esperança
Num Brasil em paz

A UNE reúne futuro e tradição
A UNE, a UNE, a UNE é união
A UNE, a UNE, a UNE somos nós
A UNE, a UNE, a UNE é nossa voz

Tudo vale a pena para tornar a política pequena*

*Por Luciano Siqueira

Desde a vitória de Lula em 2002 se instaurou no Brasil um ciclo de possibilidades de sentido histórico, trazendo em seu bojo conquistas que se acumulam nas esferas econômica, social e política. Ambiente por si mesmo favorecedor de grandes atitudes em favor de um projeto de desenvolvimento capaz de abrir caminho, estrategicamente, a um novo salto civilizatório.

Certo ou errado? A despeito dos contratempos que têm marcado a cena política desde então, em sacrifício do que se passou a caracterizar “espírito republicano”, a afirmação está correta. Nem precisa anotar aqui as inúmeras conquistadas obtidas.

Mas cabe assinalar o despreparo de parte importante das forças políticas para se colocarem à altura do ciclo histórico. Na atualidade, evidente nas duas correntes hegemônicas no governo – o PT e o PMDB.

É o que vimos durante o deplorável episódio protagonizado pelo ex-ministro Palocci, cuja natureza em nada contribui para engrandecer a figura do então chefe da Casa Civil. Uma vez confirmada a pretensão da presidenta Dilma de substitui-lo, petistas nas esferas internas e no âmbito do parlamento foram à batalha intestina na ânsia de tirar proveito da crise, sem nenhum receio do desgaste público. Do “líder” Vacarezza – exemplo de primarismo e inabilidade – ao presidente da Câmara, esgrimiram argumentos no mínimo intrigantes na busca da ocupação da coordenação política do governo, tais como a necessidade da bancada federal se sentir melhor representada (sic).

O PMDB, por seu turno, organização centrista não necessariamente pelo ideário que defende, e sim pela capacidade de ser governo em qualquer circunstância, foi à luta com o mesmo denodo. O líder Renan Calheiros, por exemplo, punha a necessidade de um peemedebista no Planalto como meio de “aprimorar” a articulação política da presidenta. 

A rigor, o PT tem a presidente e o PMDB, o vice-presidente. Fora que petistas empolgam a grande maioria dos ministérios e o PMDB controla uns tantos dentre os considerados mais importantes. Mas o apetite de ambos não tem limites. Daí parecem agir segundo a máxima de que “tudo vale a pena para tornar a política pequena”. Ou seja, nada de discutir a melhoria da capacidade do governo concretizar seus compromissos programáticos, e sim a ampliação de espaços de poder sabe-se muito bem em razão de interesses imediatos dos pequenos grupos de que são formados os dois partidos.

Mas isso é próprio de todo partido político, a conquista de poder – justificava, no auge da crise, um experiente deputado amigo. O que não deixa de ser verdade – e neste caso, o “poder” é este já alcançado. O teto foi atingido, já que não se persegue objetivos estratégicos de maior envergadura, o que apequenina a visão da política e põe a República sob risco constante de novas crises de tipo palocciano. E, de outra parte, estimula a visão crítica e a capacidade de ação dos que pretendem um novo projeto nacional de desenvolvimento, apto a gerar condições para transformações profundas na sociedade brasileira – no rumo do socialismo.

Fonte: Site Vermelho

A Banda Mais Bonita da Cidade

sábado, 25 de junho de 2011
Galera,

Não poderia deixar de comentar (mesmo que seja um comentário meio atrasado) o hit que é sucesso no País graças a Internet ! Pois bem, com um nome nada modesto para uma banda, A Banda mais bonita da Cidade foi formada em 2009. Porém, neste período só havia feito 6 shows. Com o video "Oração" estourado na internet, a banda Curitibana conseguiu conquistar mais de 4 milhões de views em pouquissimo tempo e agora é convidada a tocar em varias cidades (seu clipe foi exibido até no Fantástico).

Com um clipe simples com a participação de vários amigos, o video foi filmado com equipamentos dos amigos  na casa da avó de um dos integrantes. A maioria dos membros da bandas são os "amigos do curso de música" da Universidade Federal do Paraná - UFPR, com exceção de Uyara Torrente que é do Curso de Artes Cênicas.

Eu, particularmente, ouvi a música em meio aos preparativos do 38ª Congresso da UEP e achei a "Oração" linda(faz parte da minha playlist)! O grupo também tem outras composições que, na minha opinião, não são nada comparado a esta música. No 4shared você pode baixar varias músicas da banda!

Banda:
Uyara Torrente – vocal
Rodrigo Lemos – teclado
Vinicius Nisi – teclado
Diego Plaça – baixo
Luis Bourscheidt – bateria

João Caserta – técnico de som
Walquíria Raizer - produtor

Veja o Clipe que é Sucesso!

Confiraaa!

Galera,

Confere aííí o Vídeo produzido pela TV Pernambuco durante o 38ª Congresso da União dos Estudantes de Pernambuco, realizado entre os dias 17 a 19 de Junho, em Caruaru!


Pausa para...

sexta-feira, 24 de junho de 2011
O São João Pernambucano!

A festa junina é para relembrar o São joão ou João Batista, filho de Isabel, irmã de Maria! Hoje essa data toma proporções para além de uma data religiosa, é sinônimo de tradição e move diversas cidades do Brasil afora (inclusive na briga para ter a patente do "melhor São João do Mundo")! O nosso Estado não fica de fora e tem em Caruaru, a capital do forró, uma das festas mais tradicionais da época. Nesta cidade é um mês de celebração as tradições da Cultura Nordestina recheada de música, dança, quadrilha e muita culinária. Varios polos criados na cidade, tudo para garantir uma festa "arretada" e que de quebra mexe (e muito) com a economia da Cidade!

Pra entrar no clima desta festa...
Um vídeo bacana feito pelo governo do estado p/ convidar todo muito pra esta festa!







Jackson do Pandeiro: "farol que brilha solitário"


Quando ele pegar no pandeiro e no zabumba... Jackson do Pandeiro é um capítulo único da história da música brasileira. "Um farol que brilha solitário", diz Lenine.

Nesta sexta-feira - 24, dia de São João! - ele é o homenageado do Som Brasil, da Rede Globo. Lenine estará lá. "Jackson é indefinível, não deixou escola, é um compositor e cantor ímpar", diz. 

E lembra que - como se não bastasse - é um "dos maiores percussionistas de boca do mundo". E também, como disse Dominguinhos, um sanfoneiro de boca sensacional. Ou seja, criava as levadas da percussão e da sanfona na boca. E os músicos iam atrás.

Confira o making of, em que Lenine canta trechos "Chiclete com Banana" e deliciosa "Tum,tum, tum". Essa, ao lado de Selma do Coco. 

E como Jackson do Pandeiro nunca é demais, assista as versões originais das música: "Chiclete com Banana" e "Tum, tum, tum"..

O Som Brasil vai ao ar nesta sexta, 24, às 1h45m .

Fonte: Site de Lenine

UEP tem novo Presidente – Thauan Fernandes!

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Entre os dias 17 a 19 de Junho de 2011, em Caruaru, foi realizado o 38ª Congresso da União dos Estudantes de Pernambuco. Com o tema “Um novo Pernambuco, uma nova Universidade” o Congresso conseguiu reunir estudantes do litoral ao sertão com a finalidade de construir as novas bandeiras do movimento estudantil Pernambucano para os próximos 2 anos.

Logo no dia de abertura – ato político - o Congresso contou com a participação de várias autoridades do nosso estado, mostrando assim sua força e responsabilidade. Na sequencia, foram também realizados importantes espaços como o 1ª Seminário de Mulheres da UEP e o 1ª Seminário do CUCA PE. Já o segundo dia foi recheado de vários debates desde reforma política até o Plano Nacional de Educação. Nesses grupos a “estudantada” pode encaminhar diversas propostas que deveram ser pautadas pela entidade e pelo Movimento Estudantil nesta gestão da UEP.

O Congresso encerrou com todas as propostas dos grupos de discussão e as moções encaminhadas/aprovadas por unanimidade na Plenária Final.



Em seguida, foi votada/eleita a chapa “O movimento estudantil unificado p/ mudança no Brasil” tendo como Presidente o Estudante Thauan Fernandes (Biomedicina / UFPE) e composta pelos movimentos "Acionando Flores", "Mutirão", "Kizomba", "Mudança", "Educação e Trabalho" e o “TRANSFORMAR O SONHO EM REALIDADE”. Agora é trabalhar e trabalhar para construir um M.E mais forte e aguerido, para assim transformar sonhos em realidade!


Viva o Movimento Estudantil!
Viva a UNE!
Viva a UEP Cândido Pinto!

Veja como você pode contribuir com a sua idéia!

segunda-feira, 20 de junho de 2011
A II Conferência Nacional de Juventude foi lançada semana passada e acontecerá entre os dias 9 e 12 de dezembro. Mas você já pode participar do processo



A II Conferência Nacional de Juventude já tem data e local definidos. Será em Brasília, entre os dias 9 e 12 de dezembro e pretende envolver mais de quatrocentos mil jovens de todo país para discutir a relação entre a juventude e o desenvolvimento. O evento foi lançado oficialmente semana passada (7), no Palácio do Planalto, pela Secretaria Nacional de Juventude, vinculada à Secretaria-Geral da Presidência da República, e pelo Conselho Nacional de Juventude (Conjuve).

O processo da Conferência, no entanto, já está acontecendo em diversos municípios e a UNE vem se mobilizando para contribuir em peso neste debate. Os jovens de todos os cantos do país podem, desde já, reunirem-se e debaterem os temas que estarão presentes no encontro nacional. Quer saber como? Um dos principais instrumentos que possibilitam essa discussão são as chamadas conferências livres.
Elas são realizadas presencialmente ou virtualmente em âmbitos municipal, estadual, territorial ou temático. Nessas etapas livres participa qualquer grupo de jovem reunido em qualquer espaço, com qualquer formato. O nome já diz: “livre”, no sentido mais amplo da palavra.
Os temas propostos surgem a partir do olhar juvenil questionando sua própria realidade e propondo soluções sob diversos pontos de vista. Dessa forma, o debate passa a ser mais acessível, atingindo as periferias, os núcleos escolares e universitários, as várias tribos e identidades. Por isso, essas etapas livres são, acima de tudo, instrumento de mobilização para as conferências oficiais.
“Desde que os temas da Conferência sejam debatidos, vale tudo. O importante é a participação. Queremos ideias, queremos saber o que os jovens pensam”, explica a responsável pela Secretaria Nacional de Juventude, Ângela Guimarães.
Essas etapas são também um indicador de quais temas a juventude está procurando se debruçar, ao passo de proporcionar a todos os interessados a vivência da participação e, principalmente, da colaboração. A mobilização e o fortalecimento das políticas públicas para juventude precisam do apoio da juventude. Novos olhares, novas perspectivas e novos atores sociais são fundamentais para incentivar a democracia e para aprofundar as mudanças do país através da participação.
A UNE nos debates

Na última Conferência, a UNE foi a entidade que mais organizou conferências livres, contribuindo em peso para o debate sobre as politicas públicas para a juventude. Desta vez, não será diferente, como afirma a diretora da entidade, Marcela Cardoso, uma das 15 representantes da sociedade civil para a comissão organizadora da 2ª  Conferência Nacional de Juventude. Ela convoca todos os estudantes a realizarem as suas conferências e se mobilizarem para além dos muros das universidades.
“Os jovens já envolvidos nesse contexto, assim como os que compõem as coordenadorias municipais, estaduais e nacionais devem propor mais e mais debates para fomentar políticas voltadas a juventude. Essas políticas não podem ser rasas. Tem que ser analisadas, discutidas, reformuladas. Eu sei que a UNE é um grande instrumento para estimular os jovens a realizarem as conferências livres. Queremos superar a marca de meio milhão da Conferência passada. Quanto mais jovens, mais democrático será o ambiente”, pontua Marcela.
Saiba como participar do encontro nacional através das conferências livres

Dessas etapas livres, que acontecem paralelamente às conferências municipais e estaduais de juventude, sairão propostas para o desenvolvimento de políticas públicas voltadas aos jovens, que serão incorporadas às soluções pensadas nas demais etapas preparatórias e enviadas para a II Conferência Nacional de Juventude, que acontece entre os dias 09 e 12 de dezembro, em Brasília.
Para realizar uma delas é muito simples. Basta se cadastrar através do endereço conferencia.juvenrtide@planalto.gov.br e, depois de realizada, enviar o relatório para este mesmo endereço. Eles podem ser enviados até o dia 30 de setembro.

O processo da II Conferência Nacional de Juventude é normatizado por uma série de documentos que contém regras e orientações para o desenvolvimento das etapas. Leia abaixo o regimento completo para ficar por dentro de todo encontro:
Leia aqui o regimento da II Conferência Nacional de Juventude

Leia aqui também a resolução da Comissão Organizadora Nacional

Assista ao vídeo da I Conferência:




Fonte: Site da UNE

Retrospectiva UEP - Confira!

Vic convida todos para o Congresso da UEP!

domingo, 12 de junho de 2011

Vic / Presidente da UEP - Transformar o Sonho em Realidade from Thiago Sarinho on Vimeo.

Contagem... Rumo ao 38ª Congresso da UEP

[...]

Movimento "Agora Só Falta Você" vence eleição para Delegados da UNE e UEP na UFPE

Durante os dias 08 e 09 de junho, na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), ocorreram as eleições para delegados ao 38º Congresso da UEP e 52º Congresso da UNE. Duas chapas disputaram a eleição: a chapa "Agora Só Falta Você", composta por uma ampla maioria dos Diretórios Acadêmicos, os movimentos Acionando Flores, JPTB, JPL, Kizomba e UJS; e a chapa "Correnteza", composta pela UJR e a Articulação de Esquerda (PT).



Numa eleição bastante tranquila, votaram 2.616 estudantes de todas as áreas do campus Recife. Uma Universidade a serviço do desenvolvimento nacional, foi o grande tema debatido na eleição. Além do fortalecimento do Movimento Estudantil e ampla participação na construção da União Nacional dos Estudantes (UNE) e da União dos Estudantes de Pernambuco (UEP).

A chapa "Agora Só Falta Você", composta pela UJS, saiu vitoriosa com 1.548 votos. Enquanto a chapa do movimento esquerdista e golpista "Correnteza" teve apenas 1.068 votos. Para o Congresso da UNE, 17 dos 28 delegados ficaram para a chapa vitoriosa, correspondendo à expectativa dos estudantes que querem transformar o sonho de uma universidade que corresponda a esse momento de desenvolvimento do estado e do país em realidade.

E o Twitter: @sonhorealidadpe
 
Fonte: Blog do Mago

Renato Russo e Legião Urbana inspiram novos filmes nacionais

Em breve, uma Brasília diferente da exibida diariamente nos telejornais ganhará as telas dos cinemas brasileiros. Dois longas-metragens baseados na obra da banda Legião Urbana e na vida de seu vocalista, Renato Russo, além de um documentário sobre o rock brasiliense na década de 1980, prometem jogar luzes sobre um dos momentos mais instigantes da música popular brasileira e atrair um olhar diferenciado para a capital do país.

O cineasta Vladimir Carvalho garimpou em seu arquivo pessoal as imagens que utilizará no documentário Rock Brasília – Era de Ouro. Entre as muitas cenas históricas captadas pelo próprio documentarista, há imagens como as do último show do Legião Urbana em Brasília, realizado em 18 de junho de 1988, no estádio Mané Garrincha, ocasião em que um quebra-quebra deixou centenas de feridos.



Dirigido pelo cineasta brasiliense René Sampaio, o longa-metragem Faroeste Caboclo se inspira na famosa canção sobre a saga do “aprendiz de carpinteiro” João de Santo Cristo no Distrito Federal (DF), onde ele se torna “bandido destemido e temido” antes de conhecer Maria Lúcia, “uma menina linda”, a quem ele promete seu amor.

As principais cenas estão sendo filmadas na Cidade Ocidental (GO), a cerca de 40 quilômetros do centro de Brasília. As ruas do município goiano retomam as de Ceilândia no final da década de 1970 – cidade do DF onde, na letra da música, ocorre o duelo mais conhecido do rock nacional. A expectativa é que o filme seja lançado ainda este ano.

Com Fabrício Boliveira e Isis Valverde nos papéis de Santo Cristo e Maria Lúcia, o elenco conta ainda com Felipe Abib, Antonio Calloni e um grande número de figurantes. Segundo o produtor Marcello Maia, além de quatro estudantes de cinema de uma universidade local, a produção empregou mais de uma centena de profissionais brasilienses, gerando empregos diretos e indiretos. E irá surpreender quem acha que Brasília se limita aos cartões-postais do Plano Piloto.



Outra produção a se apropriar de uma canção do Legião Urbana, Somos Tão Jovens, é dirigida por Antonio Carlos da Fontoura. O filme trata da adolescência de Renato Russo, fase em que, devido a uma doença óssea rara, o futuro ídolo tinha de permanecer em casa, lendo e sonhando com o sucesso. Muitas das suas canções que mais tarde se tornariam conhecidas começaram a ser compostas neste período.




Fonte: Agência Brasil

Professores e servidores da UPE exigem negociação

sábado, 11 de junho de 2011
Negociação de verdade. Esse foi o mote do movimento organizado pelos professores e servidores da Universidade de Pernambuco, sexta-feira passada (03/06), para exigir do governo do estado a retomada das negociações dos pleitos das duas categorias. 

O protesto teve início em frente ao Hospital Oswaldo Cruz, onde professores e servidores fizeram panfletagem esclarecendo à população os motivos da paralisação. Em seguida, os manifestantes seguiram em passeata até a reitoria da universidade.
Os cerca de 300 manifestantes fizeram o abraço simbólico da Reitoria. Uma comissão foi recebida pelo reitor Carlos Calado, a quem cobraram o apoio aos pleitos dos servidores e professores, bem como uma posição com relação às contratações via contratos simplificados.
Carlos Calado argumentou que as contratações temporárias são uma saída “provisória”, uma forma de suprir as demandas imediatas da universidade. “Não podemos considerar as contratações simplificadas como uma medida provisória, posto que esse método já vem sendo adotado há vários anos”, criticou o diretor de imprensa da Adupe, Roberto Burkhardt. 

O movimento teve à frente dirigentes da Adupe (Carlos Lago, Itamar Lages, Sérgio Galdino, Bernadete Campos, Durval Lins e Roberto Bukhardt), do Sindicato dos servidores da UPE (Sindupe), da Associação dos Servidores da UPE (Asupe) e do Diretório Central dos Estudantes (DCE/UPE).

O Movimento Transformar o sonho em Realidade da UPE junto com o DCE / UPE também estiveram presentes compreendendo o papel dos Movimentos Sociais unidos nesta Luta justa que não só interfere na vida do professor e do servidor, mas também dos ESTUDANTES!

Peça teatral na Frente da Reitoria da UPE

Melka / Estudante da FENSG




Uma produção da Globo que a própria Globo censurou

Desde a montagem do debate com Fernando Collor de Melo até a bolinha de papel do José Serra, quando pagou alto cachê pelo descrédito moral e profissional do até então mais afamado perito do Brasil, as organizações Globo sempre investiram na derrocada de Luíz Inácio Lula da Silva. Mas, apesar das omissões, especulações e ilações que seu diretor, Ali Kamel, os fatos se sucederam e a TV Globo não teve como não noticiá-los. Por fim, apesar de exposta pelas palavras do próprio diretor, ao montar uma retrospectiva do governo Lula no início de janeiro 2011 a emissora percebeu que teria de selecionar de seus arquivos o que realmente aconteceu, o que foi efetivo.





Não há como fazer uma retrospectiva de inverdades e não deu para incluir as inúmeras tentativas de criar notícias do que não houve, do que nunca se comprovou, do injustificável ou o que somente se justificou por preconceitos ou falta de escrúpulos, abuso do poder de formação de opinião pública como meio de ludibriar a população explorando a ignorância e os mais mesquinhos sentimentos humanos. 
Para realizar uma retrospectiva do que foram os 8 anos de governo Lula com trechos de suas próprias reportagens ao longo desse período, a Globo se viu forçada a realizar o que espectador da emissora só poderá assistir nos links abaixo, porque a Rede Globo censurou a si mesma.


Ironiza-se a expressão muito aplicada ao governo Lula: “Nunca antes nesse país...”, e lançada por Antonio Carlos Magalhães que, vingando-se de inúmeras acusações que o atingiam e iam desde responsabilidade pelo suicídio da própria filha, passando por chantagens sexuais, chegaram a violação do painel de votações do Congresso; acusou o Presidente Lula de liderar um esquema de corrupção que “nunca antes existiu nesse país”. Realmente, durante o governo Lula aconteceram diversos fatos – positivos e negativos - que nunca antes haviam acontecido nesse país. Se antes nunca tivemos um presidente considerado Estadista Global, conforme o título conferido à Lula pelo Conselho Mundial de Davos, tampouco nunca tivemos um Presidente ameaçado de tapas em pleno plenário do Congresso por um quase garoto como o sócio e responsável pelas transmissões da Rede Globo no estado na Bahia, neto de ACM.


E mesmo depois de findo o mandato do Presidente Lula, o que se vê aí nos links abaixo também nunca se viu antes nesse país: um programa de TV censurado pela própria emissora de TV que o produziu. Mais um motivo para se assistir e refletir sobre as tantas coisas que nunca antes nesse país...!


Por Raul Longo, no blog Redecastorphoto.
Extraído do site: www.ujs.org.br

Sem comentários...

Clipe para “Eduardo & Mônica” em campanha do Dia dos Namorados


Descobri o videozinho através do FACEBOOK e com certeza para quem conheceu o Banda Legião Urbana e é fã de suas músicas, com certeza achou o filme do C... CARAMBA!

Veja:

O Anjo Mais Velho / O Teatro Mágico

segunda-feira, 6 de junho de 2011
 dia mente a cor da noite
E o diamante a cor dos olhos
Os olhos mentem dia e noite a dor da gente"

Enquanto houver você do outro lado
Aqui do outro eu consigo me orientar
A cena repete a cena se inverte
Enchendo a minh'alma d'aquilo que outrora eu deixei de acreditar

Tua palavra, tua história
Tua verdade fazendo escola
E tua ausência fazendo silêncio em todo lugar

Metade de mim
Agora é assim
De um lado a poesia, o verbo, a saudade
Do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim
E o fim é belo incerto... depende de como você vê
O novo, o credo, a fé que você deposita em você e só

Só enquanto eu respirar
Vou me lembrar de você
Só enquanto eu respirar

Composição : Fernando Anitelli

38° CONGRESSO DA UNIÃO DOS ESTUDANTES DE PERNAMBUCO

domingo, 5 de junho de 2011


Entre os dias 17 e 19 de junho, a União dos Estudantes de Pernambuco promove o 38° Congresso de estudantes do Estado, em Caruaru. Com o tema “Um novo Pernambuco, uma nova Universidade”, o evento traz para o debate central a relação entre a Universidade e o desenvolvimento do Estado.

Para a presidente da UEP, Virgínia Barros, o país vive um momento favorável para se discutir mudanças e avanços na educação. "O debate central que está colocado para o Brasil hoje é a questão do desenvolvimento de nosso país.

 O Congresso debaterá justamente como a universidade e o movimento estudantil podem contribuir para essas mudanças", afirma Virgínia Barros.

Previsto para ser o maior congresso da história da UEP, o 38° Congresso dos Estudantes conta com uma programação bastante diversificada. Dentro do evento acontecerão o 1º Encontro de Mulheres Estudantes da UEP, que debaterá a participação das mulheres nos espaços de poder e decisão, e o 2º Seminário Estadual do CUCA, cuja principal discussão será a democratização dos meios de comunicação.
Já estão confirmadas as presenças da deputada federal Luciana Santos, do deputado estadual Pedro Eugênio, do produtor cultural Roger de Rennor e do reitor eleito da UFPE Anísio Brasileiro.
Os diretórios estudantis de todas as faculdades de Pernambuco já estão de mobilizando os estudantes para participarem do 38 ° Congresso. A estimativa é que o evento reúna mais de 600 estudantes.

Outras informações: (81) 3221-8637

PAULOfreireando...

"gosto de ser gente porque, inacabado, sei que sou um ser condicionado mas, consciente do inacabamento, sei que posso ir mais além dele. Está é a diferença profunda entre o ser condicionado e o ser determinado."

"Se, na verdade, não estou no mundo para simplesmente a ele me adaptar, mas para transformá-lo; se não é possível mudá-lo sem um certo sonho ou projeto de mundo, devo usar toda possibilidade que tenha para não apenas falar de minha utopia, mas participar de práticas com ela coerentes."

" A creditamos que a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda. Se a nossa opção é progressiva, se estamos a favor da vida e não da morte, da equidade e não da injustiça, do direito e não do arbítrio, da convivência com o diferente e não de sua negação, não temos outro caminho se não viver a nossa opção. Encarná-la, diminuindo, assim, a distância entre o que dizemos e o que fazemos"

"Eu sou um intelectual que não tem medo de ser amoroso, eu amo as gentes e amo o mundo. E é porque amo as pessoas e amo o mundo, que eu brigo para que a justiça social se implante antes da caridade."

Paulo Freire


Domingo é de Plenária!

"E aiiii galeeeeeeeeeeeeeeeera.." (Como diria a atual presidente da UEP, Virgínia Barros).

Neste Domingo teremos mais uma plenária do Movimento Transformar o Sonho em Realidade - Pernambuco. Para movimentar nossa galera, reunir todo mundo e deixar tudo certo para a reta final da campanha! Além disso também iremos atualizar nossa pauta política para o congresso e fazer uma bela confraternização com todos que se envolveram nesta extraordinária e já vitoriosa campanha rumo ao 52º Congresso da UNE e 38º Congresso da UEP. Vitoriosa porque foi com muita garra e determinação que já conseguimos chegar em 100% das Universidades do nosso estado, faltando apenas alguns processos eleitorais para finalizar.

O momento agora é de debater muito nossa política e deixar tudo bem afiado para os desafios do congresso! Nossa opinião tem a cara dos estudantes de Pernambuco e foi moldada em cada faculdade\universidade, do litoral ao sertão. Queremos ver o desenvolvimento do nosso estado chegando para melhorar a vida dos pernambucanos. Queremos mais educação, emprego, saúde, lazer, esportes e segurança! Lutamos por dias melhores no nosso país. Mais avanços para atender as necessidades de um povo que sofreu durante toda a sua história! A hora da virada chegou! Vamos as ruas conquistar o Novo Pernambuco. 


Serviço:

Plenária do Movimento Transformar o Sonho em Realidade - Pernambuco!


Quando? Domingo, 05 de junho.
Onde? Próximo a praça do entroncamento - Derby (Por trás da MC Donald da Av. Agamenon Magalhães)
Quem está convidado? Todo estudante universitário que queira mudar a cara da Educação.
Horário? A partir das 12h (vai rolar feijoada)
Dúvidas? Só é ligar: (81) 9827-3245 - (81) 8743-3449 - Falar com Matheus.



Fonte: << Blog do Mago >>

Thamires Lucena da Universidade de Pernambuco (UPE) convoca todos ao 38º CONUEP e 52º CONUNE


Thamires/UPE - Transformar o Sonho em Realidade from Thiago Sarinho on Vimeo.

Grande plenária do Movimento Transformar o Sonho em Realidade - Pernambuco


Este domingo (22/05) foi bastante movimentado para os componentes do movimento "Transformar o Sonho em Realidade" - Pernambuco. Depois de encarar uma semana cheia de eleições, debates e campanhas, ainda sobrou energia e garra para reunir mais de 100 pessoas numa excelente plenária festiva. Vários delegados já eleitos compareceram a atividade. Além deles, muitos estudantes da UFPE, UPE e UNICAP estiveram por lá para contribuir com o debate da nova universidade para o novo pernambuco.


Plenária massiva do movimento Transformar o Sonho em Realidade


Debater o rumo do país é com essa galera!

Varias lideranças de toda grande Recife estavam presentes
O 38º Congresso da União dos Estudantes de Pernambuco, a UEP - Cândido Pinto, será daqui a menos de um mês (de 17 a 19 de junho - Caruaru/PE). E por causa disso, o processo de mobilização será intensificado. Várias plenárias acontecerão daqui até lá, movimentando vários estudantes do Cais ao Sertão! A responsabilidade de construir um Pernambuco amplamente desenvolvido é dever da juventude, que trabalha, estuda e luta por um futuro digno e justo. 

A galera do Movimento "Transformar o Sonho em Realidade" está ocupando as bancas e pátios das Universidades para travar o debate de um novo modelo educacional. Vamos disputar o PNE (Plano Nacional de Educação) e lutar por mais financiamento para a Educação, através da destinação de 50% do Fundo Social do Pré-sal pra Educação e 10% do PIB. Queremos ver aprovado o projeto de Reforma Universitária da UNE e vamos lutar para garantir o desenvolvimento de pernambuco para os pernambucanos.

Confira algumas fotos dessa grande plenária festiva:









Thiara Milhomem, Presidenta da UJS-PE


Paula Borges, do DCE da FACHO


Alexandro, da UFPE Campus Agreste (CAA)


Nilson Vellazquez, Sec de Formação da UJS-PE


Thauan, do DA de Bio Medicina da UFPE


Peixe, estudante de Letras da UPE e candidato a Presidente do DCE


Ingrid Ivonoska, diretora da UEP e do DCE-UNICAP


Genilson (Esquerda em pé), Vice-presidente do DCE-UNICAP


Luiz Felipe Maciel, estudante de Odontologia na UPE e diretor da UNE





















Mais informações, acessem: www.sonhorealidadepe.blogspot.com
Siga o Twitter do nosso Movimento: @SonhorealidadPE

Movimento Transformar o Sonho em Realidade reunindo muitos estudantes

No final de semana passado, o Movimento Transformar o Sonho em Realidade, reuniu dezenas de estudantes do litoral ao sertão pernambucano. Foram 3 plenárias simultâneas em Recife, Caruaru e Petrolina. Ao todo, mais de 100 estudantes estiveram reunidos para debater os rumos da educação brasileira e do nosso estado.

No Recife, mesmo com chuvas torrenciais, quase 50 estudantes estiveram presentes. Um grande esforço para não perder nenhum dia do intenso debate que envolve todas as Universidades de defesa de uma educação de qualidade.


Plenária do Recife, no centro Vic: Presidenta da UEP
Se a população do Brasil hoje pode sonhar com dias melhores, essa perspectiva foi conquistada nas ruas. com muita mobilização e pressão, a juventude e os movimentos sociais conquistaram um governo democrático que tem por principio debater com a sociedade o rumo do país. É por isso que nós, do movimento "Transformar  o sonho em Realidade", vamos continuar lutando para aprofundar as mudanças conquistadas com muita luta no nosso país.

Mesmo com chuva, os estudantes compareceram em peso


Galera da UPE também esteve presente lançando a chapa candidata a reeleição.
Estudantes da UNICAP marcaram presença
Na luta por uma Universidade a serviço da nação, temos que conquistar a aprovação na integra do projeto de Reforma Universitária da UNE. Queremos a equiparação da oferta de vagas público\privadas. Em defesa da Universidade Pública, Gratuita e de Qualidade. Pela regulamentação do ensino pago e por mais assistência estudantil, pesquisa e extensão!

Do cais ao sertão! Estudantes reunidos em Petrolina

Em Caruaru, os estudantes querem mais verba pra Educação 
Venha com a gente lutar por 10% do PIB e 50% do Fundo Social do Pré-sal pra Educação! Vamos construir uma nova Universidade para o novo Pernambuco. Nas ruas transformaremos nossos Sonhos em Realidade!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...